Banco de Desenvolvimento chinês oferecerá 10 bi de iuanes a Brics

O uso da moeda chinesa é para reduzir o tráfego de dólares nas relações bilaterais

Sanya - O Banco de Desenvolvimento da China, que assinou um acordo de crédito em moeda local com os países do Brics, está pronto para disponibilizar até 10 bilhões de iuans em empréstimos para Brasil, Rússia, Índia e África do Sul, disse o presidente da entidade.

Chen Yuan afirmou que os empréstimos em iuan, parte dos esforços do Brics para reduzir o uso do dólar no comércio e no investimento bilaterais, irão focar grandes projetos em campos de petróleo, gás natural e infraestrutura.

"Temos cerca de até 10 bilhões de iuans", afirmou ele. "O foco será colocado em projetos existentes, porque normalmente se levam alguns anos para preparar novos grandes projetos".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.