Mundo

Homenagens às vitimas do acidente em Santiago de Compostela

Trem que levava cerca de 247 passageiros entre Ferrol e Madri descarrilou na noite de quarta-feira próximo à cidade espanhola

Minuto de silêncio para as vítimas em frente à catedral de Santiago de Compostela (Reuters/ Miguel Vidal)

Minuto de silêncio para as vítimas em frente à catedral de Santiago de Compostela (Reuters/ Miguel Vidal)

DR

Da Redação

Publicado em 28 de julho de 2013 às 10h43.

São Paulo – Após o acidente, foram feitas homenagens às vítimas do acidente de trem em Santiago de Compostela, na Espanha, no local do acidente, em frente à catedral de Santiago de Compostela e no comércio local. 

O trem que levava cerca de 247 passageiros entre Ferrol e Madri descarrilou na noite de quarta-feira próximo à cidade de Santiago de Compostela. Estima-se que o acidente tenha deixado 130 feridos e cerca de 80 mortos.

Autoridades atribuíram o acidente ao excesso de velocidade. Os investigadores estão tentando apurar porque o trem estava acima da velocidade permitida e por que os limitadores de velocidade não funcionaram. O maquinista do trem está sob vigilância policial em um hospital. O maquinista trabalha há 30 anos na estatal ferroviária Renfe e conduz trens há mais de dez anos, segundo a empresa. Ele trabalhava há cerca de um ano no trajeto do acidente.

Veja as homenagens feitas às vítimas.

Acompanhe tudo sobre:EspanhaEuropaPiigsRenfeTransportesTrens

Mais de Mundo

Julian Assange, fundador do WikiLeaks, vai se declarar culpado; entenda

Suprema Corte dos EUA vai avaliar lei que proíbe tratamento hormonal para menores transexuais

Rússia ameaça EUA com 'consequências' após ataque ucraniano na Crimeia

Ex-baixista do Nirvana anuncia candidatura à presidência dos Estados Unidos

Mais na Exame