Mundo

Alckmin se encontra com Lula em hospital de SP

Os dois conversaram por aproximadamente 20 minutos, mas o tema da conversa não foi divulgado.

De acordo com a assessoria de imprensa do ex-presidente, Alckmin pediu ontem um encontro com Lula (Instituto Cidania / Divulgação)

De acordo com a assessoria de imprensa do ex-presidente, Alckmin pediu ontem um encontro com Lula (Instituto Cidania / Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 27 de janeiro de 2012 às 14h48.

São Paulo - O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), se encontrou na manhã de hoje com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Hospital Sírio-Libanês, na região central da capital paulista. De acordo com a assessoria de imprensa do ex-presidente, Alckmin pediu ontem um encontro com Lula. Os dois conversaram por aproximadamente 20 minutos, mas o tema da conversa não foi divulgado.

Mais cedo, Lula se encontrou com o presidente do Paraguai, Fernando Lugo, que veio ao Brasil para realizar um check-up médico no mesmo hospital. Lula e Lugo, de acordo com a assessoria do ex-presidente brasileiro, tiveram uma conversa "rápida e fraternal". Em seguida, Alckmin se juntou aos dois e eles conversaram rapidamente.

Lula chegou ao hospital por volta das 10h30 e deixou o Sírio-Libanês às 13h. Hoje, ele foi submetido à 17.ª sessão de radioterapia. Segundo o cardiologista Roberto Kalil, da equipe médica que trata o câncer de laringe do ex-presidente, Lula vem reagindo muito bem ao tratamento. "Ele está melhor do que eu", brincou Kalil. O especialista contou que Lula vem apresentando os efeitos colaterais de praxe, como mucosite e dificuldade para comer, mas nada que preocupe a equipe médica.

Acompanhe tudo sobre:Geraldo AlckminGovernadoresLuiz Inácio Lula da SilvaPersonalidadesPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosPT – Partido dos Trabalhadores

Mais de Mundo

Foto inédita de William com os filhos, tirada por Kate, é publicada para celebrar Dia dos Pais

Exército israelense anuncia pausa diária nas operações em uma região de Gaza

Cúpula pela paz na Suíça reafirma integridade da Ucrânia, mas pede negociações com a Rússia

Brasil é 3º país mais inseguro da América do Sul, diz Global Peace Index

Mais na Exame