Mercado imobiliário

O que é fiador de aluguel? Saiba como funciona

Entenda a figura do fiador no contrato de aluguel e suas responsabilidades

O fiador pode ser usado no contrato de qualquer tipo de imóvel, seja residencial ou comercial (AlexRaths/Thinkstock)

O fiador pode ser usado no contrato de qualquer tipo de imóvel, seja residencial ou comercial (AlexRaths/Thinkstock)

Publicado em 17 de maio de 2024 às 20h36.

Última atualização em 21 de maio de 2024 às 13h52.

Tudo sobreGuia do Mercado Imobiliário
Saiba mais

Para ser fiador, é necessário cumprir vários requisitos, incluindo comprovação de renda suficiente, propriedade de um imóvel quitado e, se casado, a concordância do cônjuge. As responsabilidades do fiador começam na assinatura do contrato e se estendem até a desocupação do imóvel ou 120 dias após a desistência ou renovação do contrato.

O que é fiador no contrato de aluguel?

O fiador no contrato de aluguel é uma pessoa que se compromete a garantir o pagamento do aluguel e encargos do locatário em caso de inadimplência. Este papel proporciona segurança ao proprietário, assegurando que receberá os pagamentos devidos.

Quem pode ser fiador?

Para ser fiador, é necessário cumprir vários requisitos. Primeiramente, o fiador deve comprovar uma renda líquida suficiente, geralmente equivalente a pelo menos três vezes o valor do aluguel. Além disso, é necessário possuir um imóvel quitado, o que oferece uma garantia adicional ao proprietário. Se o fiador for casado, a concordância do cônjuge também é necessária, visto que as responsabilidades podem afetar o patrimônio conjunto.

Quem não pode ser fiador de aluguel?

Pessoas com restrições de crédito, sem comprovação de renda suficiente ou que não possuem um imóvel quitado geralmente não podem ser fiadoras. Além disso, algumas empresas e organizações podem estabelecer critérios adicionais para aceitar um fiador.

Quais as responsabilidades do fiador?

As responsabilidades do fiador incluem garantir o pagamento do aluguel, encargos e possíveis danos ao imóvel durante o período de locação. A responsabilidade do fiador se limita até a desocupação do imóvel ou, no caso de desistência ou renovação do contrato, em até 120 dias após o aviso formal da dívida pelo proprietário ou pela administradora do imóvel.

Tipos de fiador de aluguel

Existem diferentes tipos de fiador, como o fiador pessoal (um amigo ou familiar) e o fiador profissional (empresas especializadas que oferecem este serviço mediante pagamento). Cada tipo oferece diferentes níveis de segurança e flexibilidade.

Dá pra alugar apartamento sem fiador?

Sim, é possível alugar um apartamento sem fiador. Alternativas incluem caução (depósito em dinheiro), seguro-fiança, títulos de capitalização e o uso de cartão de crédito. Essas opções oferecem flexibilidade e podem facilitar o processo de locação para aqueles que não têm um fiador disponível.

O fiador pode ser usado no contrato de qualquer tipo de imóvel?

Sim, o fiador pode ser usado no contrato de qualquer tipo de imóvel, seja residencial ou comercial. A principal função do fiador é garantir que o locador receberá os pagamentos devidos em caso de inadimplência do locatário, independentemente do tipo de imóvel. Esta flexibilidade torna o fiador uma garantia bastante comum e aceitável em diversos tipos de contratos de locação.

Alternativas ao fiador

Para quem não pode contar com um fiador, existem várias alternativas no mercado, como caução, seguro-fiança, fundos de investimento, títulos de capitalização e o uso de cartão de crédito. Essas opções visam garantir o pagamento do aluguel sem a necessidade de um fiador, oferecendo flexibilidade e praticidade para locatários e proprietários.

Riscos e considerações

Ser fiador envolve riscos significativos, incluindo a possibilidade de comprometer a vida financeira, perder amizades e enfrentar dificuldades para solicitar crédito no futuro. É essencial que o fiador conheça profundamente a pessoa para quem está oferecendo essa garantia e esteja ciente das responsabilidades envolvidas.

Acompanhe tudo sobre:aluguel-de-imoveisGuia do Mercado Imobiliário

Mais de Mercado imobiliário

Leilão do Banco Fibra: terrenos em condomínio de luxo no Ceará estão entre as opções

Zuk oferece leilões de 970 imóveis em junho, com descontos de até 82%

Meu companheiro morreu e sua mãe faleceu na sequência. Tenho direito ao imóvel de herança?

Como é morar na Consolação? Conheça melhor o bairro

Mais na Exame