Mercado imobiliário

Leilão de 52 imóveis tem descontos de até 66%

A região sudeste é que tem o maior número de imóveis que serão leiloados

Leilão: os imóveis que tiverem débitos de IPTU e condomínio terão as dívidas quitadas até a data do leilão (artisteer/Getty Images)

Leilão: os imóveis que tiverem débitos de IPTU e condomínio terão as dívidas quitadas até a data do leilão (artisteer/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 27 de março de 2023 às 18h49.

O banco Santander realizará, no dia 10 de abril, um leilão de 52 imóveis com descontos de até 66%. São lotes residenciais e comerciais localizados em 11 estados: Ceará, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.

A região Sudeste é que tem o maior número de imóveis que serão leiloados. O destaque é um terreno com 510 m2, em Sete Lagoas (MG), no valor inicial de R$ 40,5 mil (66% de deságio). Ainda em Minas Gerais, um apartamento em Betim, com 14 m2, recebe lances a partir de R$ 96 mil (50% abaixo do valor de avaliação).

Em São Paulo (SP), uma casa com 837 m2 tem lance inicial de R$ 377,3 mil (48% abaixo da avaliação). Em Imbu das Artes (SP), uma casa com mais de 2 mil m2 pode ser arrematada a partir de R$736,8 mil (48% de deságio).

Em Niterói (RJ), uma casa com 486 m2 tem lance inicial de R$ 419,6 mil (48% de deságio). Na capital fluminense, a partir de R$ 215,6 mil é possível arrematar uma casa com 300 m2 (44% abaixo do valor avaliado). Outro apartamento na cidade com 79 m2 está disponível a partir de R$ 162,4 mil (47% de deságio).

Em Pelotas (RS), um apartamento com 38 m2 tem valor inicial de R$ 65,4 mil (48% de deságio). Em Porto Alegre (RS), uma casa com 300 m2 recebe lances a partir de R$ 223,1 mil (48% abaixo do valor de avaliação). Em Novo Hamburgo (RS), uma cada com 303 m2 está à venda por lance inicial de R$ 308 mil (42% de deságio).

Para os interessados em imóveis no Nordeste, cinco lotes em Pernambuco possuem valores entre R$ 62,3 mil e R$ 441,2 mil. Em Petrolina (PE), uma casa com 100 m2 recebe lances a partir de R$ 90 mil (50% de deságio).

Como é a forma de pagamento?

Os imóveis que tiverem débitos de IPTU e condomínio terão as dívidas quitadas até a data do leilão. O banco oferece facilidades de pagamento, como o uso do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) como parte do pagamento: para os residenciais, há financiamento de até 80% do valor do bem, até 420 meses; para salas comerciais, o financiamento é em até 360 meses. Lotes e terrenos têm pagamento somente à vista. Demais condições devem ser consultadas no edital, disponível nos links de cada leilão ou no portal do Santander Imóveis.

Acompanhe tudo sobre:Imóveisaluguel-de-imoveisSantander

Mais de Mercado imobiliário

Leilão de Itaú e Frazão tem 39 imóveis com lances a partir de R$ 35 mil

Minha irmã construiu no lote do meu pai com recursos próprios. Ela pode vender o imóvel?

Saiba o que é retrofit, como funciona e alguns exemplos

Inventário de imóvel: como funciona e quanto custa

Mais na Exame