Marketing

Vivo diz que não conhecia campanha com "Eduardo e Mônica" da ATL

Operadora ressaltou que foi a única a adquirir os direitos autorais e fonográficos da música

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de junho de 2011 às 20h50.

São Paulo - A Vivo divulgou na manhã de hoje (10) um comunicado sobre a nova campanha da operadora que usa como a música "Eduardo e Mônica", da banda Legião Urbana, como inspiração para um filme publicitário. 

Criada pela agência Africa e divulgado na internet na última quarta-feira (8), o filme já alcançou quase 3 milhões de visualizações no YouTube e gerou grande repercussão nas redes sociais, chegando a figurar no topo dos Trending Topics do Twitter durante toda a quarta e se mantendo no ranking até esta sexta-feira (10).

No dia seguinte ao lançamento do vídeo, porém, discussões sobre o possível plágio de uma peça publicitária lançada pela operadora ATL com a mesma canção colocaram a filme da Vivo e da Africa em debate.

Assim como a Vivo, a Africa também já se pronunciou sobre o caso, afirmando não saber da existência do filme, mas ter consciência de que não foram os únicos a homenagear namorados com a música.

Veja na íntegra o posicionamento da Vivo sobre o caso:

"A Vivo esclarece que lançou o vídeo “Eduardo e Mônica” sem conhecimento sobre a existência da campanha comercial apresentada pela ATL Telecomunicação no ano 2000 e postada hoje no site Youtube.

O filme colocado no ar pela Vivo em 08 de junho de 2011 é uma iniciativa inédita de brand content, ferramenta de comunicação publicitária que conjuga de forma emocional o entretenimento com uma marca específica, em formatos como TV, internet, mídia impressa, rádio ou eventos. A ação está alinhada ao posicionamento da marca 'O amor nos conecta. A conexão transforma', o qual norteará a comunicação da empresa este ano. Dessa forma, não foi realizada pontualmente para o Dia dos Namorados e é parte de uma estratégia bem mais abrangente da companhia. A exibição do filme de quatro minutos nas salas de cinema de algumas capitais entre 10 e 16 de junho é a única conexão com essa data.

Também, a Vivo ressalta que foi a única a adquirir os direitos autorais e fonográficos da música 'Eduardo e Mônica' até hoje. Toda a produção do vídeo foi realizada em conjunto com a família de Renato Russo, que completaria 50 anos em 2011 e faleceu há 15 anos. O objetivo foi prestar uma homenagem e mostrar a 'versão 2.0' do casal que protagonizou uma das maiores histórias de amor, conexão e transformação da cultura nacional."

Acompanhe tudo sobre:3GAgência ÁfricaAgências de publicidadeArtedia-dos-namoradosEmpresasEntretenimentoGrupo ABCIndústria da músicaMúsicaOperadoras de celularServiçosTelecomunicaçõesVivo

Mais de Marketing

Popeyes vai dar frango frito de graça para pessoas com menos de 1,55m

Ex-BBB Bia do Brás estrela nova campanha do Ton, da Stone

Cauã Reymond ativa sua conta do TikTok em parceria com marca de moda

Alexandre Peralta deixa a Africa Creative e reabre a agência Peralta

Mais na Exame