União Europeia investiga acordo da Ryanair com aeroporto de Montpellier

Comissão Europeia investiga acordo de marketing entre a Ryanair e o aeroporto de Montpellier, na França, para ver se acordo constitui ajuda estatal ilegal

Bruxelas - A Comissão Europeia informou nesta quarta-feira que abriu uma investigação sobre um acordo de marketing entre a companhia aérea Ryanair e o aeroporto de Montpellier, na França, para ver se o acordo constitui uma ajuda estatal ilegal.

"Vamos investigar se as autoridades regionais e locais na França concederam uma vantagem econômica indevida à Ryanair em relação aos seus concorrentes", afirmou Margrethe Vestager, comissária de concorrência da UE, em comunicado.

Segundo o acordo, a Ryanair recebeu pagamentos substanciais em troca de promover a área de Montpellier como destino turístico em seu site, informou a Comissão.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.