Acompanhe:
seloMarketing

No Reino Unido, Netflix e Amazon passam TV paga em número de assinantes

No começo de 2018, assinantes de streaming superaram número de assinantes de TV paga

Modo escuro

Continua após a publicidade
Coroa britânica: no Reino Unido, plataformas de streaming já têm mais assinantes que TV paga (Netflix/Divulgação)

Coroa britânica: no Reino Unido, plataformas de streaming já têm mais assinantes que TV paga (Netflix/Divulgação)

G
Guilherme Dearo

Publicado em 20 de julho de 2018 às, 13h22.

São Paulo - No Reino Unido, onde a Netflix produz a série arrasa-quarteirão The Crown, o reinado da plataforma de streaming e produtora parece que será tão duradouro quanto o posto da Rainha Elizabeth II.

Um novo relatório da britânica Ofcom revelou que por lá, pela primeira vez na história, mais pessoas estão assinando Netflix e Amazon Prime (o serviço de streaming da gigante do varejo) que TV a cabo.

Para o estudo, a notícia mostra que os streamings não são apenas coisas que "incomodam" as provedoras de TV por assinatura, como a Sky, ou coisas que "desafiam" as grandes, como se dizia: eles também são grandes (maiores?) e já estão disputando o mercado em pé de igualdade.

Segundo a Ofcom, os serviços de streaming contam com 15,4 milhões de assinantes britânicos no primeiro trimestre de 2018, contra 15,1 milhões de assinantes de serviços de TV por assinatura (cabo ou satélite).

Mas os serviços não são exclusivos: muitos consumidores assinam mais de um serviço. Amazon Prime e Netflix, por exemplo. Ou Netflix e Now (Sky).

Novos hábitos

Apesar de mais assinantes, a TV "normal" (a chamada "broadcast TV") ainda conta com mais horas assistidas.

Segundo a pesquisa, os britânicos passaram, em 2017, uma média de 5 horas e 1 minuto na frente da TV por dia. Desse tempo, 71% foi de TV normal e 29% foi de TV "on demand", como YouTube e Netflix.

A tendência é que a TV on demand tome mais tempo da TV tradicional, já que ela é mais popular entre os mais jovens.

Últimas Notícias

Ver mais
Taxa de desemprego no Reino Unido sobe a 4,2% no trimestre até fevereiro; salários perdem força
Economia

Taxa de desemprego no Reino Unido sobe a 4,2% no trimestre até fevereiro; salários perdem força

Há 14 horas

Sunak: Conversarei com Netanyahu e pedirei 'moderação' quanto ao Irã
Mundo

Sunak: Conversarei com Netanyahu e pedirei 'moderação' quanto ao Irã

Há um dia

Novo chefe de filmes da Netflix quer mudar 'estilo' das produções e pagamento a estrelas
Pop

Novo chefe de filmes da Netflix quer mudar 'estilo' das produções e pagamento a estrelas

Há um dia

Criadora de Grey's Anatomy precisava de apoio policial após cada temporada
Pop

Criadora de Grey's Anatomy precisava de apoio policial após cada temporada

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais