Marketing

Gafes: 25 ações de Marketing que saíram pela culatra em 2016

Confira as ações de marketing que não deram certo em 2016 e acabaram virando alvos de críticas, piadas e problemas

Léo Young, Zé Soares e Bel Pesce, sócios da Hamburgueria Zebeléo: fracasso do projeto de crowdfunding foi uma das gafes do ano no mundo do Marketing (Divulgação)

Léo Young, Zé Soares e Bel Pesce, sócios da Hamburgueria Zebeléo: fracasso do projeto de crowdfunding foi uma das gafes do ano no mundo do Marketing (Divulgação)

Guilherme Dearo

Guilherme Dearo

Publicado em 14 de dezembro de 2016 às 12h04.

Última atualização em 14 de dezembro de 2016 às 15h42.

São Paulo - Não há como prever, muitas vezes, como o público reagirá a uma campanha publicitária. Nem sempre as ações de marketing saem como o planejado, seguindo à risca o roteiro pensado.

Às vezes é falta de sorte da marca, mas em outras tantas é falta de bom senso mesmo.

Em 2016, diversas marcas passaram por momentos de crise ao ter de lidar com uma gafe de marketing.

Seja por uma mensagem confusa, uma aposta arriscada ou simplesmente uma ideia muito ruim, o público não perdoa nessas horas. Sobram críticas e risadas pelas redes sociais.

Às vezes, são pequenas gafes que rendem um momento desconfortável, mas passam rapidamente sem grandes danos. Outras vezes, a gafe acaba virando coisa séria e a marca envolvida precisa repensar seus conceitos.

Confira a seguir, nas imagens, as 25 gafes do ano.

Acompanhe tudo sobre:Anúncios publicitáriosEspeciais de Ano Novo 2017estrategias-de-marketingGafes de marketingListasMarcas

Mais de Marketing

Burger King e Stanley promovem ação com galão térmico a R$ 1; saiba como retirar

Camila Coutinho estreia no Cannes Lions como palestrante nesta quinta, 20

Em Cannes, Musk explica por que xingou anunciantes e tenta aproximação com o mercado publicitário

Cannes: CTO da OpenAI fala sobre desafios e oportunidades da IA na criatividade humana

Mais na Exame