Marketing

Flamengo fatura mais com vinda de Adriano

Clube carioca conseguiu montar time campeão com estratégia de marketing agressiva, conquista de novos patrocínios e venda maior de camisetas

Adriano receberá cerca de 830 mil reais de royalties de camisas vendidas com o seu nome

Adriano receberá cerca de 830 mil reais de royalties de camisas vendidas com o seu nome

DR

Da Redação

Publicado em 21 de fevereiro de 2011 às 19h53.

Quem acompanhou de perto os bastidores do Flamengo ao longo deste ano, sabe que o grito de "é campeão" saiu acompanhado por um "ufa, ainda bem". A conquista do sexto título do Campeonato Brasileiro custou caro para os cofres do clube, cuja dívida se aproxima de 350 milhões de reais. No fim do ano passado, o rubro-negro arrecadou 118 milhões de reais. Mas, as despesas chegaram a 116 milhões de reais. Esse valor, somado aos juros da dívida, representou um rombo de três milhões de reais no orçamento do clube em 2008. Com esse balanço, o grupo com a maior torcida do país começou o ano na segunda posição do ranking de 21 times com maiores dívidas, atrás apenas do seu rival Vasco (378 milhões de reais).
 
Para reverter esse resultado negativo, a grande estratégia do rubro-negro foi investir em marketing, para atrair patrocinadores dispostos a injetar dinheiro no clube. Para tanto, dirigentes do Flamengo resolveram trazer um nome de peso ao elenco que disputaria a temporada 2009. A primeira tentativa de assédio, em dezembro de 2007, foi com o jogador brasileiro Ronaldo. Foi prometido ao camisa 9 um salário de 400 mil reais mais uma porcentagem sobre o valor arrecadado com publicidade estampada na roupa do time. Uma equipe de vinte pessoas trabalhou na elaboração de uma proposta que pudesse arrancar um "sim" do Fenômeno. Mas, no fim, ela foi batida pelo Corinthians. A partir daí, o clube passou a procurar outro atleta de prestígio.
Acompanhe tudo sobre:AleAtacadoComércioEmpresasEmpresas brasileirasestrategias-de-marketingLicença-maternidadeMarcasSetor de esportes

Mais de Marketing

Em Cannes, Musk explica por que xingou anunciantes e tenta aproximação com o mercado publicitário

Cannes: CTO da OpenAI fala sobre desafios e oportunidades da IA na criatividade humana

A nova (e inusitada) estratégia da Ipiranga no mundo da moda que vai até Paris Fashion Week

Omo faz parceria com Vini Jr. e adota novo slogan após 20 anos; entenda a estratégia

Mais na Exame