Marketing

Brasil é segundo país em inscrições para Cannes

Ao todo, as agências nacionais inscreveram 3.321 peças publicitárias para a edição 2014


	Cannes: presença brasileira só será superada pela participação dos EUA
 (Divulgação/Facebook)

Cannes: presença brasileira só será superada pela participação dos EUA (Divulgação/Facebook)

DR

Da Redação

Publicado em 5 de junho de 2014 às 10h04.

São Paulo - Apesar de o evento coincidir este ano com a Copa do Mundo no Brasil, o País terá forte presença no Cannes Lions Festival Internacional de Criatividade de 2014, que começa no próximo dia 15.

Ao todo, as agências nacionais inscreveram 3.321 peças publicitárias para a edição 2014 do festival, o suficiente para fazer dos brasileiros os vice-líderes em participação no festival. O jornal O Estado de S. Paulo é o representante oficial de Cannes Lions no País.

A presença de trabalhos brasileiros só será superada pela participação americana - as agências dos Estados Unidos contabilizam mais de 6,2 mil inscrições.

Após Estados Unidos e Brasil, as nações com maior número de peças na disputa por Leões são Reino Unido (2.757 trabalhos), Alemanha (2.376) e França (1.838).

Segundo a organização do evento, um total de 97 nações inscreveram peças publicitárias para a edição 2014 de Cannes Lions - um recorde.

Concorrerão nas 17 categorias do festival mais de 37,4 mil trabalhos de todo o mundo - um aumento de 4,5% sobre o total do ano passado.

A participação brasileira em 2014, no entanto, sofreu uma redução de pouco mais de 4% em relação ao número de peças publicitárias que 3.473 trabalhos que concorreram na edição do ano passado.

A tradicionalmente forte participação brasileira se converteu em uma boa colheita de prêmios no passado. O País bateu recorde de Leões - foram 114, no total - e a Ogilvy Brasil levou o título de Agência do Ano graças ao bom desempenho de campanhas para clientes como Retratos da Beleza Real (para a marca Dove, da Unilever) e Fãs Imortais, que incentivou a doação de sangue entre os torcedores do Sport Club Recife.

Agências

Entre as agências brasileiras, a campeã em inscrições foi a Young & Rubicam São Paulo, com 273 trabalhos. Em seguida vieram AlmapBBDO (266), Leo Burnett Tailor Made (224), DM9DDB (221), JWT Brasil (148) e Ogilvy (133).

A maior parte dos concorrentes nacionais se concentra nas chamadas "categorias tradicionais" do festival. A categoria Outdoor Lions recebeu 776 trabalhos, seguida por Press Lions (de anúncios impressos), com 714 concorrentes. Entre as demais categorias se destacaram Promo Lions (267 peças), Direct (246) e Design (234).

No ano da Copa do Mundo, o festival Cannes Lions dedicará um dia para analisar a publicidade brasileira a fundo.

No dia 18, haverá uma maratona de oito horas de palestras e debates com representantes de agências como JWT, DM9DDB e Pereira & O’Dell (empresa americana que faz parte do grupo ABC, de Nizan Guanaes).

Lions Health. Na quarta-feira, 4, foi divulgada também a participação brasileira no evento Lions Health, que se concentra em peças publicitárias para empresas do setor médico e farmacêutico.

O Brasil concorrerá com 98 trabalhos, sendo 9 no segmento Pharma (farmacêutico) e 89 em Lifestyle (estilo de vida relacionado ao tema saúde). Entre as agências, a Y&R lidera com 12 inscrições, seguida de Leo Burnett (10) e AlmapBBDO (9) e Revolution Brasil Bahia (8). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Acompanhe tudo sobre:Cannes LionsCopa do MundoEsportesFutebolPublicidade

Mais de Marketing

Grupo Flamboyant anuncia rebranding em suas unidades de negócio

Amstel traz Amsterdã ao Rio Pinheiros em evento com passeio de balsa gratuito

Heinz lança molho 'Barbiecue' em parceria com a Mattel

Cauã Reymond fica preso em elevador com fã em nova campanha

Mais na Exame