Após críticas, Buffett aposta em empresa ligada ao Bitcoin; qual o motivo?

[Conteúdo Empiricus] Warren Buffett não cansa de surpreender o mercado; dessa vez, o aporte bilionário em uma empresa envolvida com o Bitcoin chamou a atenção
Por que Buffett está aumentando sua exposição indireta ao Bitcoin? (CNBC/Unsplash/Divulgação)
Por que Buffett está aumentando sua exposição indireta ao Bitcoin? (CNBC/Unsplash/Divulgação)
Por EMPIRICUS - UM CONTEÚDO PROMOCIONALPublicado em 20/05/2022 18:46 | Última atualização em 20/05/2022 18:46Tempo de Leitura: 5 min de leitura

Este conteúdo é patrocinado e apresentado por Empiricus

Warren Buffett, um dos maiores investidores da história, acaba de fazer um aporte pesado e bastante surpreendente. Depois de criticar fortemente o Bitcoin no começo do mês, Buffett fez um investimento bilionário em um grande banco americano que é bastante entusiasta das criptomoedas

Os diretores dessa empresa já mostraram diversas vezes que acreditam no futuro dos criptoativos. A empresa chegou até mesmo a participar de um investimento de R$ 538 milhões em uma plataforma de negociação de cripto.

Que empresa é essa? O que será que está por trás desse investimento?

E mais importante: como você pode usar essa informação pra ter chance de ganhar um bom dinheiro?

Entenda as últimas movimentações indiretas de Warren Buffett no Bitcoin

Toda essa história começou com uma fala de Buffett no começo deste mês, na conferência anual de acionistas da Berkshire Hathaway. O bilionário criticou bastante o Bitcoin nessa reunião, chegando a dizer que não compraria todos os bitcoins do mundo nem por US$ 25.

“Agora, se você me dissesse que possui todos os bitcoins do mundo e me oferecesse por US$ 25, eu não aceitaria. O que eu faria com isso? Eu teria que vendê-los de volta para você de uma forma ou de outra”, afirmou Warren Buffett.

O problema dessa declaração é que Buffet acaba de investir Citigroup, uma empresa bastante envolvida no criptomercado.

Pior (ou melhor): com esse investimento, essa é a segunda vez que Buffett investe em empresas ligadas diretamente com criptomoedas.

A primeira vez foi com o investimento em Nubank, fintech brasileira que chamou a atenção do bilionário.

Antes do IPO do Nubank, em dezembro de 2021, a Berkshire Hathaway tinha participação na fintech que chegava a 10% das ações disponíveis. Na época, isso era o equivalente a US$ 1 bilhão.

Recentemente, alguns dias depois da crítica de Buffett ao Bitcoin, o Nubank anunciou que passaria a disponibilizar Bitcoin e outras criptomoedas para seus clientes, além de investir 1% do seu caixa em Bitcoin.

Ou seja, de forma indireta, Buffett agora tem exposição ao Bitcoin, ativo tão criticado pelo bilionário.

No entanto, parece que Buffett não está satisfeito com essa exposição. Afinal, ele acaba de investir mais bilhões em outra empresa entusiasta do segmento.

A Berkshire acaba de investir US$ 3 bilhões no Citigroup, grande banco de Wall Street. O Citi já dominou as manchetes diversas vezes por iniciativas relacionadas às criptomoedas.

(Exame/Divulgação)

Fonte: Exame

O ex-CEO da companhia, por exemplo, declarou que acredita em uma grande adoção do Bitcoin. Isso vai de encontro à opinião de Buffett, que diz que o Bitcoin não vale nada.

(InfoMoney/Divulgação)

Fonte: InfoMoney, 2021

Além disso, neste mês o Citi também já participou de um investimento multimilionário em uma plataforma de cripto. Foram R$ 538 milhões investidos na empresa Talos – algo a que, agora, Buffett também tem exposição.

(Exame/Exame)

Fonte: Exame, 2022

Isso sem levar em conta que o Citigroup possui toda uma unidade comercial dedicada ao setor de critpomoedas e blockchain.

(Money Times/Divulgação)

Fonte: Money Times, 2021

Nada disso é segredo. Buffett sabia muito bem de todos esses fatores antes de investir US$ 3 bilhões na empresa. Provavelmente, o bilionário também sabia das intenções do Nubank de se envolver com criptomoedas.

O que está acontecendo aqui então? Hipocrisia? Ou Buffett mudou de opinião a respeito das criptomoedas?

Em outras palavras: por que Buffett está aumentando sua exposição indireta ao Bitcoin?

Talvez seja intencional, talvez seja sem querer, mas a verdade é que Buffett acaba se expondo indiretamente ao criptomercado no momento de maior potencial dos últimos meses.

É isso mesmo. Por mais que o bilionário não goste de criptomoedas, sua posição em Nubank e em Citi já garantem alguma exposição a esses ativos.

E ambos os investimentos foram precisamente feitos em um dos momentos de maior potencial dos ativos digitais. Segundo um analista brasileiro, "é nessas horas que você fica rico".

Momento é de grande potencial em algumas criptomoedas, diz analista; veja como receber dinheiro pra investir

Não é só um, nem dois, mas são dezenas de casos de pessoas que aproveitaram as quedas pra comprar mais criptomoedas, acumulando fortunas milionárias.

(Twitter/Divulgação)

"Eu fiquei milionário por ter comprado bitcoin enquanto o mercado estava derretendo". (Fonte: Twitter)

Que fique claro: essa estratégia envolve riscos que provavelmente não são encontrados em nenhum outro mercado. É praticamente obrigatório que você não invista muito dinheiro nesses ativos.

 Se você concorda em seguir essa simples regra, já tem o que é necessário pra ter altas chances de enriquecer nesse mercado.

Segundo um analista brasileiro, a carteira de ativos digitais que tem maior potencial nesse momento já entregou 1.991,33% de rentabilidade – mesmo com as quedas gigantescas dos últimos meses.

Isso significa que quem investiu mil reais nessas moedas tem hoje em conta quase 20 mil reais.

Imagine o que pode acontecer quando o mercado virar?

E pra dar o incentivo final para você entrar no criptomercado agora, mesmo diante de todas as quedas, o analista tem uma última tacada.

Não quero dar spoiler, mas há uma condição especial no ar em que uma quantia de dinheiro será depositada na sua conta, para aproveitar as quedas do mercado.

Se quiser saber mais sobre isso, é só clicar no link abaixo. Uma outra vida financeira pode estar te esperando do outro lado.

QUERO SABER MAIS SOBRE ESSA PROPOSTA PRA INVESTIR EM CRIPTOMOEDAS

Este conteúdo é patrocinado e apresentado por Empiricus