Minhas Finanças

Receita vai liberar novo lote de restituições do IR

O crédito bancário para 36.510 contribuintes será realizado no dia 15 próximo, totalizando R$ 110 milhões


	IR: para os contribuintes que permanecem em malha, a Receita sugere que consultem o Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC)
 (Cameron Spence/Getty Images)

IR: para os contribuintes que permanecem em malha, a Receita sugere que consultem o Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC) (Cameron Spence/Getty Images)

DR

Da Redação

Publicado em 7 de março de 2016 às 11h02.

A Receita libera da malha fina um novo lote de restituições do Imposto de Renda de pessoas físicas. A consulta será disponibilizada amanhã (8), a partir de 9 horas. Foram contempladas declarações de 2008 e 2015.

O crédito bancário para 36.510 contribuintes será realizado no dia 15 próximo, totalizando R$ 110 milhões.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet ou ligar para o Receitafone 146.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do Imposto de Renda (pessoa física) e situação no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) .

Para os contribuintes que permanecem em malha, a Receita sugere que consultem o Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC) ,onde é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento.

Os montantes de restituição para cada exercício e a respectiva taxa Selic aplicada podem ser verificados na tabela abaixo:

Ano de exercício Número de Contribuintes Valor (R$) Correção pela Selic
2015 23.164 69.318.688,28 11,85% (maio de2015 a março de 2016)
2014 7.165 20.283.394,32 22,77% (mais de 2014 a março de 2016)
2013 3.271 9.333.923,53 31,67% (maio de 2013 a março de 2016)
2012 2.307 8.209.842,22 38,92% (maio de 2012 a março de 2016)
2011 507 2.492.653,19 49,67% (maio de 2011 a março de 2016)
2010 63 222.649,62 59,82% (maio de 2010 a março de 2016)
2009 25 117.949,71 68,28% (maio de 2009 a março de 2016)
2008 8 20.899,13 80,35% (maio de 2008 a março de 2016)

A Receita informa, ainda, que a restituição ficará disponível nos bancos durante um ano.

Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requer por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contactar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Acompanhe tudo sobre:Imposto de Renda 2020ImpostosMalha finareceita-federalRestituição do Imposto de Renda

Mais de Minhas Finanças

Veja o resultado da Mega-Sena concurso 2751: prêmio acumulado é de R$ 51,9 milhões

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 53 milhões

Mega-Sena acumulada: quanto rendem R$ 53 milhões na poupança

Bancos brasileiros apresentam instabilidade após 'apagão cibernético' desta sexta-feira

Mais na Exame