Entenda como a nota de R$ 200 custa o mesmo que uma moeda de apenas 1 real

Episódio #003 do podcast EXAME Agora tira dúvidas sobre a nova cédula brasileira e explica como funciona o processo de fabricação de dinheiro no Brasil
Cédula de 200 reais: nova nota foi lançada pelo Banco Central na quarta-feira, 2 (Banco Central/Divulgação)
Cédula de 200 reais: nova nota foi lançada pelo Banco Central na quarta-feira, 2 (Banco Central/Divulgação)
Por Beatriz CorreiaPublicado em 09/09/2020 18:50 | Última atualização em 09/09/2020 19:04Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O lobo-guará é um animal típico da fauna brasileira que corre o risco de entrar em extinção. Mas ele ganhou destaque nos últimos dias por outro motivo muito diferente da preservação das espécies.

O animal virou símbolo da nova nota de 200 reais lançada pelo Banco Central que entrou em circulação na quarta-feira, 2. 

Mas porque o Banco Central resolveu criar uma nova nota em um valor tão alto? A intenção é fazer os brasileiros gastarem mais? Ou será que falta dinheiro em circulação?

Quanto custa produzir as novas notas? E elas podem dificultar o combate à corrupção e facilitar a lavagem de dinheiro?

Essas são só algumas das dúvidas em torno da nova cédula de real. E para tentar saná-las, no episódio #003 do podcast EXAME Agora, nós conversamos com economistas para entender melhor qual é o objetivo do Banco Central com a nota de 200 reais e quais as consequências de seu lançamento.

Além disso, explicamos como a cédula que vale 200 reais custa praticamente o mesmo que uma moeda de apenas 1 real e como funciona o processo de fabricação de dinheiro no Brasil.