Mercados

Vale cai na Bolsa com saída de Murilo Ferreira

O mercado repercute a saída do executivo do comando da companhia

O executivo estava foi nomeado diretor-presidente da Vale em maio de 2011 (Nacho Doce/Reuters)

O executivo estava foi nomeado diretor-presidente da Vale em maio de 2011 (Nacho Doce/Reuters)

Karla Mamona

Karla Mamona

Publicado em 24 de fevereiro de 2017 às 10h45.

Última atualização em 24 de fevereiro de 2017 às 10h59.

São Paulo - As ações da Vale abriram o pregão em queda nesta sexta-feira (24). Os papéis preferenciais registravam queda de 3,32% e os ordinários de 2,95%. A Bradespar também caia, com baixa de 3,30%

A mineradora informou hoje que o Murilo Ferreira não renovará o contrato e deixará a presidência da empresa no dia 26 de maio.

O executivo estava foi nomeado diretor-presidente da Vale em maio de 2011.

O comunicado ressalta a gestão de Murilo Ferreira nos últimos anos e afirma que ele liderou em um período de turbulência na indústria da mineração mundial e enfrentou alguns dos momentos mais difíceis da história da empresa.

Disse ainda que a empresa ficou mais enxuta e ágil, aumentando significativamente a competitividade operacional e mantendo um nível de endividamento saudável.

"Sob a liderança de Murilo, a Vale concluiu o S11D, o maior projeto de sua história, e voltou o foco para ativos-chave, realizando desinvestimentos que totalizaram mais de US$ 15 bilhões. A Vale simplificou seu portfólio, aumentou sua disciplina na gestão de capital, tendo completado cerca de 20 outros importantes projetos dentro do orçamento e do prazo", completou.

Com a saída de Murilo Ferreira, os analistas da Coinvalores afirmam que a preocupação do mercado é que seja feita uma indicação para o cargo de caráter técnico, com visão mais pró mercado.

Os analistas, Sandra Perez e Felipe Martins Silveira, afirmam que até que ocorra uma definição sobre quem ocupará o cargo, as ações da Vale ficaram bastante voláteis. “A mercê dos boatos envolvendo as características da nova gestão.”

Acompanhe tudo sobre:BradesparMercado financeiroMurilo FerreiraVALE3VALE5

Mais de Mercados

Musk diz que Tesla pode competir com a China sem tarifas

Ibovespa segue pessimismo no exterior e fecha em queda; Suzano recupera perdas e lidera alta

"Se o medo é de uma loucura na Suzano, eu compro a ação": por que esse gestor está otimista com IP

Repercussão do balanço da Nvidia e da Ata do Fed: os assuntos que movem o mercado

Mais na Exame