Vale: barragem Torto em Brucutu recebe licença de operação

Estrutura receberá parte dos rejeitos provenientes da usina localizada nos municípios mineiros de Barão de Cocais e São Gonçalo do Rio Abaixo

Logo da Vale na entrada da mina de Brucutu, em São Gonçalo do Rio Abaixo (Washington Alves/Reuters)

Logo da Vale na entrada da mina de Brucutu, em São Gonçalo do Rio Abaixo (Washington Alves/Reuters)

Raquel Brandão
Raquel Brandão

Repórter Exame IN

Publicado em 3 de julho de 2023 às 10h51.

A Vale (VALE3) obteve decisão favorável do Conselho Estadual de Política Ambiental da Semad de Minas Gerais pela aprovação da Licença de Operação da barragem Torto no complexo de Brucutu. A notícia ajudou a impulsionar o papel da mineradora na primeira hora de pregão da B3. A ação avançava 1,88%, para R$ 65,43, às 10h40. 

O complexo Brucutu fica nos municípios de Barão de Cocais e São Gonçalo do Rio Abaixo. A barragem Torto é uma estrutura construída em etapa única, sem alteamentos e possui Declaração de Condição de Estabilidade (DCE) desde junho de 2022.

A estrutura receberá parte dos rejeitos provenientes da usina de Brucutu. O complexo conta com uma planta de filtragem, que processa a maior parte do rejeito gerado e permite o empilhamento em estado sólido, além da produção de areia como coproduto, reduzindo-se, portanto, a dependência de barragens, explica a Vale.

"O início gradual das operações da Barragem Torto permite a melhora substancial da qualidade média do portfólio de produtos da Vale e maior produção de aglomerados, como pelotas e briquetes de minério de ferro, através da substituição da produtos de alta sílica por produtos de alta qualidade, como o pellet feed."

A melhora do mix de produtos possibilita a captura de maiores prêmios sobre os preços dos produtos, diz a mineradora, contribuindo positivamente para os resultados. Conforme divulgado anteriormente, a Vale espera produzir 36 a 40 milhões de toneladas de aglomerados de minério de ferro em 2023 e 50 a 55 milhões de toneladas em 2026.

Acompanhe tudo sobre:VALE3ValeMineração

Mais de Invest

Por que a NTN-B do Tesouro está pagando IPCA+6? Veja se vale a pena investir

Pé-de-meia: pagamento de R$ 200 por frequência começa dia 25

Receita Federal libera consulta ao lote residual do IR; veja se você recebe

Dólar volta a subir com tensões fiscais e expectativas nos mercados internacionais

Mais na Exame