Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Petrobras perde R$47 bi em valor de mercado após reduzir preço do diesel

Às 13:25, as preferenciais da petrolífera caíam 14,5 por cento, a 19,90 reais; e os papéis ordinários perdiam 14 por cento, a 23,34 reais

Modo escuro

Continua após a publicidade
Prejuízo: a Petrobras anunciou redução em 10% no valor do diesel nas refinarias a partir desta quinta-feira, decisão que vai resultar em perda de 350 milhões de reais em receita para a companhia (Germano Lüders/Exame)

Prejuízo: a Petrobras anunciou redução em 10% no valor do diesel nas refinarias a partir desta quinta-feira, decisão que vai resultar em perda de 350 milhões de reais em receita para a companhia (Germano Lüders/Exame)

R
Reuters

Publicado em 24 de maio de 2018 às, 13h48.

Última atualização em 24 de maio de 2018 às, 14h05.

São Paulo- As ações da Petrobras desabavam mais de 10 por cento na bolsa brasileira nesta quinta-feira, com a perda de valor de mercado alcançando cerca de 47 bilhões de reais, em meio à reação negativa de investidores após a companhia reduzir o preço do diesel em razão dos protestos dos caminhoneiros.

Às 13:25, as preferenciais da petrolífera de controle estatal caíam 14,5 por cento, a 19,90 reais; e os papéis ordinários perdiam 14 por cento, a 23,34 reais. No mesmo horário, o Ibovespa recuava 1,7 por cento.

Considerando essas cotações, a perda de valor de mercado da companhia somava 47,2 bilhões de reais, para 285,2 bilhões. Se os papéis fecharem nesse patamar, a Petrobras deixa de liderar o ranking de valor de mercado da bolsa, com a Ambev recuperando o posto, com valor de 317 bilhões de reais.

Na véspera, a Petrobras anunciou redução em 10 por cento no valor do diesel nas refinarias a partir desta quinta-feira, em uma decisão "excepcional" devido aos protestos dos caminhoneiros, que deve resultar em perda de 350 milhões de reais em receita para a companhia.

Analistas cortaram a recomendação dos papéis da companhia, citando preocupação com aumento dos riscos de ingerência política na estatal.

"Os recentes eventos trouxeram a política técnica de preços da Petrobras para o debate político e tememos que aumentem os riscos de interferência", afirmou o analista Regis Cardosos, do Credit Suisse, que reduziu a recomendação para os ADRs (recibo de ação negociado nos EUA) da companhia para 'neutra', mantendo o preço-alvo em 15 dólares.

"As regras do jogo mudaram", destacou o analista André Hachem, do Itaú BBA, que cortou a recomendação para 'market perform" e também reduziu o preço-alvo das ações preferenciais para 27 reais ante 32 anteriormente.

"Tudo que precisa é uma pequena percepção de intervenção negativa", afirmou o analista Bruno Montanari, do Morgan Stanley, que reduziu a recomendação do ADRs da empresa de 'overweight' e cortou o preço-alvo de 15 para 13 dólares.

Últimas Notícias

Ver mais
Ressaca de Carnaval na B3, inflação e Hong Kong volta em alta: 3 assuntos que movem o mercado

seloMercados

Ressaca de Carnaval na B3, inflação e Hong Kong volta em alta: 3 assuntos que movem o mercado

Há 6 horas

Bolsas da Europa operam em baixa, após indicadores locais e à espera do CPI dos EUA

seloMercados

Bolsas da Europa operam em baixa, após indicadores locais e à espera do CPI dos EUA

Há um dia

Tem pregão hoje? Veja o funcionamento da B3 nesta segunda e terça-feira

seloMercados

Tem pregão hoje? Veja o funcionamento da B3 nesta segunda e terça-feira

Há 2 dias

S&P 500 fecha pela primeira vez acima dos 5 mil pontos

seloMercados

S&P 500 fecha pela primeira vez acima dos 5 mil pontos

Há 4 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

A regulamentação de cigarros eletrônicos pode trazer mais segurança para o consumidor?

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas
EXAME Agro

Escritórios Verdes, da JBS, regularizam 8 mil fazendas

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

“Deixei o mundo corporativo para empreender com a Herbalife”

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Loja pop-up da Lacoste em Trancoso conecta a marca com o verão brasileiro

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais