Acompanhe:

Negócios via programas de computador diminuem na NYSE

Programas de negociação computadorizada englobam uma ampla gama de estratégias de negociação de carteira


	O volume total de negociações também declinou, de acordo com dados da NYSE Euronext
 (Getty Images)

O volume total de negociações também declinou, de acordo com dados da NYSE Euronext (Getty Images)

P
Priscila Arone

Publicado em 16 de agosto de 2012, 15h02.

Nova York - A atividade de programas de negociação por computador na Bolsa de Valores de Nova York, uma subsidiária da NYSE Euronext, caiu na semana passada, enquanto o volume total também declinou, de acordo com dados da NYSE Euronext. Programas de negociação por computador englobam uma ampla gama de estratégias de negociação de carteira, que envolvem a compra ou venda de uma cesta de pelo menos 15 ações.

Na semana encerrada em 10 de agosto, o volume totalizou 367,9 milhões de ações, correspondendo a 29% da média de volume diária. Na semana anterior, a média de volume diário totalizou 490 milhões de ações, também equivalente a 29% da média diária de volume negociado. Na última semana, o volume médio diário total foi de 1,28 bilhão de ações, abaixo de 1,69 bilhão de ações da semana passada.

A Nyse calcula o programa de negociações como a soma das ações compradas, vendidas e vendidas a descoberto em programas de negociação. O total dessas ações é dividido pela soma das ações compradas, vendidas e vendidas a descoberto na NYSE, incluindo suas sessões cruzadas. As informações são da Dow Jones.