Mercados

Kroton sobe na Bolsa com possível reprovação do Cade

O mercado acompanha o julgamento sobre a fusão da Estácio e da Kroton

Cade: as ações da Kroton sobe na B3 à espera da decisão do Cade (Germano Lüders/Exame)

Cade: as ações da Kroton sobe na B3 à espera da decisão do Cade (Germano Lüders/Exame)

Karla Mamona

Karla Mamona

Publicado em 28 de junho de 2017 às 16h52.

Última atualização em 28 de junho de 2017 às 19h22.

São Paulo - As ações da Kroton registravam ganhos de 4,10% na tarde desta quarta-feira. Na máxima, os papéis da companhia chegaram a subir 5,82%, sendo negociado em 14,18 reais.

O mercado acompanha o julgamento pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sobre a fusão da companhia com a Estácio.

Fontes ouvidas pela pela Reuters na tarde de hoje afirmaram que o órgão antitruste reprovará a compra da Estácio pela Kroton.

Segundo a agência, os conselheiros da autarquia não aceitarão a sugestão negociada entre as empresas e a relatora do caso no Cade, Cristiane Alkmin, que consistia na venda de toda a área de ensino à distância (EAD) e de parte da área presencial da Anhanguera, uma unidade da Kroton, o equivalente a 260 mil alunos.

No acordo assinado pelas companhias no ano passado há uma cláusula que permite que as empresas deixem o negócio se a autoridade reguladora exigir a venda de ativos equivalentes a mais de 15% da receita das duas empresas combinadas. A Kroton adquiriu a Anhanguera em 2014.

Já as ações da Estácio registravam perdas de 0,95% sendo negociadas em 14,66 reais.

Acompanhe tudo sobre:Anhanguera EducacionalB3CadeCogna Educação (ex-Kroton)Yduqs / Estácio

Mais de Mercados

Por que Argentina de Milei tem animado o mercado, apesar de inflação recorde e retração

Após balanço, Nvidia (NVDC34) já vale mais que Amazon (AMZO34) e Tesla (TSLA34) juntas

Bolsas da Europa fecham sem sinal único, com cautela por política monetária

Gol (GOLL4) e Azul (AZUL4) disparam mais de 10% após anúncio de parceria para voos no Brasil

Mais na Exame