Acompanhe:

Investidores devem voltar a apostar na Petrobras, diz revista financeira Barron´s

Papéis da estatal negociados em Nova York já caíram mais de 35 por cento nos últimos sete meses

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

D
Da Redação

Publicado em 4 de julho de 2010 às, 17h56.

Nova York - Temores de uma maior intervenção do governo nas operações da Petrobras vêm golpeando as ações da gigante brasileira, deixando o valor de seus papéis a preço de barganha, publicou a revista financeira Barron´s na edição de 5 de julho.

Os recibos de ações da Petrobras (ADRs) negociados em Nova York já caíram mais de 35 por cento nos últimos sete meses, para ao redor de 34 dólares. Analistas mais otimistas esperam que os papéis se recuperem para 50 dólares nos próximos 12 meses, segundo a Barron's.

No início deste ano, o governo brasileiro anunciou planos de uma capitalização multibilionária da Petrobras. O governo vai ceder reservas de petróleo em troca de novas ações da companhia, numa operação indireta envolvendo títulos públicos. A participação do governo na empresa deverá ser maior após a conclusão da operação.

O plano complexo confundiu investidores e provocou uma onda de vendas nas ações da empresa, segundo a Barron´s.

Mesmo assim, a produção de petróleo da Petrobras vai aumentar 9,4 por cento ao ano, para 3,9 milhões de barris por dia até 2014. Essa taxa de crescimento é muito maior que a de suas grandes concorrentes, destacou a revista.

Mais de 80 por cento das reservas da Petrobras são de petróleo bruto, mais que qualquer outra grande produtora.

Últimas Notícias

Ver mais
Vale (VALE3) assina acordo de parceria com Anglo American
seloMercados

Vale (VALE3) assina acordo de parceria com Anglo American

Há 3 horas

Rolls-Royce sobe 7% após lucros mais que dobrarem em 2023
seloMercados

Rolls-Royce sobe 7% após lucros mais que dobrarem em 2023

Há 3 horas

Ações da Nvidia sobem 12% no pré-mercado após lucro surpreender
seloMercados

Ações da Nvidia sobem 12% no pré-mercado após lucro surpreender

Há 4 horas

Índice Nikkei do Japão quebra recorde de 1989 e atinge máxima histórica
seloMercados

Índice Nikkei do Japão quebra recorde de 1989 e atinge máxima histórica

Há 4 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais