Fim do kit home office? Zoom despenca mais de 10% após resultado do 3º tri

Desaceleração do ritmo de crescimento preocupa investidores, apesar de números acima das expectativas
Aplicativo do Zoom na Play Store | Foto: Lucas Agrela/Exame (Lucas Agrela/Site Exame)
Aplicativo do Zoom na Play Store | Foto: Lucas Agrela/Exame (Lucas Agrela/Site Exame)
Guilherme Guilherme
Guilherme GuilhermePublicado em 23/11/2021 às 09:54.

As ações da Zoom (Z1OM34), do software de videochamadas, despencam 10,17% no pré-mercado americano desta terça-feira, 23, sinalizando uma abertura em forte queda na Nasdaq.

A desvalorização dos papéis ocorre após a companhia apresentar seu balanço do terceiro trimestre, que saiu na noite de segunda-feira, 22. Embora o lucro por ação de 1,11 dólar e a receita líquida de 1,05 bilhão de dólares tenham ficado levemente acima das expectativas, investidores estão preocupados com o nível de crescimento da companhia, que diminuiu em relação aos primeiros meses de pandemia.

Com o sobe-e-desce do mercado, seu dinheiro não pode ficar exposto. Aprenda como investir melhor.

No último trimestre, por exemplo, o incremento de receita foi de 35%, bem abaixo do crescimento de 367% apresentado no mesmo período de 2020. A expansão da base de usuários também perdeu ritmo, com os efeitos da volta aos escritórios. No terceiro trimestre, a Zoom fechou com 512,100 usuários, com 80.000 a mais na comparação anual. No mesmo trimestre do ano passado, esse incremento havia sido de mais de 350.000 novos usuários.

A desaceleração da Zoom tem pressionado as ações da companhia, que acumulam perdas de 32,70%, sem contar a provável queda no pregão desta terça. A performance vai na contramão da valorização de cerca de 400% dos papéis no ano passado.