Acompanhe:

CVM pune Mendesprev por votar em minoritários da Mendes Jr.

Rio - A diretoria da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) multou em R$ 300 mil a fundação de previdência dos funcionários da construtora Mendes Júnior Engenharia, a Mendesprev. O motivo foi o fundo de pensão ter votado em 2007 e 2008 em eleições para escolha da vaga dos acionistas minoritários ou possuidores de ações preferenciais […]

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

A
Adriana Chiarini

Publicado em 10 de outubro de 2010 às, 03h44.

Rio - A diretoria da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) multou em R$ 300 mil a fundação de previdência dos funcionários da construtora Mendes Júnior Engenharia, a Mendesprev. O motivo foi o fundo de pensão ter votado em 2007 e 2008 em eleições para escolha da vaga dos acionistas minoritários ou possuidores de ações preferenciais no conselho fiscal da patrocinadora. A Mendes Júnior indica dois terços dos conselheiros da Mendesprev.

A Mendesprev já tinha sido condenada pelo mesmo motivo pela CVM no processo administrativo sancionador (PAS) 07, de 2005, referente aos anos de 2002, 2003 e 2004. O fundo de pensão, em sua defesa, afirmou que tinha uma liminar do Judiciário contra a decisão da CVM no julgamento anterior.

"É completamente descabida a tese da acusada", disse o relator do processo administrativo na CVM, o diretor Otávio Yazbek, ao votar no julgamento realizado esta tarde. De acordo com ele, a decisão do Judiciário não se sobrepõe à decisão da CVM no processo administrativo. Ele lembrou que a Justiça ainda não examinou o mérito do caso.

Para Yazbek, a participação do fundo de pensão nesse tipo de eleição no conselho da companhia cerceia o direito dos minoritários e preferencialistas de participar e fiscalizar a empresa.

Todos os demais integrantes da diretoria da CVM acompanharam em seu voto o relatório de Yazbek. Ele considerou que "é a vontade da patrocinadora principal que tende a prevalecer" no Mendesprev. Associado a isso, observou que, para a escolha dos representantes de minoritários ou preferencialistas, "não podem participar os acionistas controladores ainda que tenham ações preferenciais".

Últimas Notícias

Ver mais
CVM vai atualizar regras para crowdfunding de olho em tokenização de ativos
Future of Money

CVM vai atualizar regras para crowdfunding de olho em tokenização de ativos

Há 3 dias

Presidente da CVM diz que criptoativos não são inimigos e quer mais 10 milhões de investidores na B3
Future of Money

Presidente da CVM diz que criptoativos não são inimigos e quer mais 10 milhões de investidores na B3

Há uma semana

CVM autoriza lançamento de token ligado ao lucro de usina de energia solar no Brasil
Future of Money

CVM autoriza lançamento de token ligado ao lucro de usina de energia solar no Brasil

Há 3 semanas

CVM autoriza tokenização de resultados financeiros de rede de motéis
Future of Money

CVM autoriza tokenização de resultados financeiros de rede de motéis

Há 2 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais