Acompanhe:

Berkshire Hathaway, de Warren Buffett, tem prejuízo de US$ 2,69 bilhões

No mesmo período do ano passado, a companhia teve lucro de 10 bilhões de dólares; queda está relacionada ao desempenho de investimento em ações e na subscrição de seguros

Buffett: a Berkshire Hathaway anunciou também que recomprou US$ 1,1 bilhão em ações no terceiro trimestre (Christopher Goodney/Bloomberg/Getty Images)

Buffett: a Berkshire Hathaway anunciou também que recomprou US$ 1,1 bilhão em ações no terceiro trimestre (Christopher Goodney/Bloomberg/Getty Images)

D
Da redação

Publicado em 5 de novembro de 2022, 10h48.

A Berkshire Hathaway, holding de Warren Buffett, divulgou neste sábado, 5, que teve prejuízo de US$ 2,69 bilhões no terceiro trimestre deste ano. No mesmo período do ano passado, a companhia registrou lucro de US$ 10,34 bilhões. A queda está relacionada ao desempenho de investimento em ações e na subscrição de seguros.

Já lucro operacional da aumentou 20%, para US$ 7,76 bilhões. O ganho foi ajudado pelo aumento da receita de investimentos, com a companhia se beneficiando do impacto das taxas de juros de curto prazo mais altas em seus US$ 109 bilhões em caixa.

A Berkshire Hathaway anunciou também que recomprou US$ 1,1 bilhão em ações no terceiro trimestre, em linha com US$ 1 bilhão no segundo trimestre. No trimestre trimestre, a companhia comprou cerca de US$ 3 bilhões .

A recompra de ações ficou abaixo da estimativa de US$ 3 bilhões estimados pelo mercado e pode  decepcionar investidores que gostariam de ver o Warren Buffett se tornar mais agressivo com as recompras. No ano, os papéis da Berkshire Hathaway acumulam queda de 13%.