Acompanhe:

AES Brasil conclui compra de campos eólicos por R$ 1,85 bilhão

Localizadas nos Estados do Piauí, Pernambuco e Rio Grande do Sul, as usinas têm capacidade instalada de 455,9 megawatts

AES: Valor foi ajustado pela variação de capital de giro e dívida líquida do projeto em relação ao balanço (Rodrigo Garrido/Reuters)

AES: Valor foi ajustado pela variação de capital de giro e dívida líquida do projeto em relação ao balanço (Rodrigo Garrido/Reuters)

R
Raquel Brandão

Publicado em 30 de novembro de 2022, 20h00.

A AES Brasil (AESB3) concluiu a aquisição dos complexos eólicos Ventos do Araripe, Caetés e Cassino. Os ativos foram comprados  por R$ 1,85 bilhão.

O valor foi ajustado conforme a variação de capital de giro e dívida líquida do projeto em relação ao balanço-base da transação, e composto: pelo pagamento de R$ 960 milhões; e pela assunção da dívida líquida do projeto de R$ 895 milhões.

Localizadas nos Estados do Piauí, Pernambuco e Rio Grande do Sul, as usinas têm capacidade instalada de 455,9 megawatts. A energia contratada por leilão para os três ativos é de 229,4 megawatts médio.

Agora, a transação passará por análise de consultoria especializada. Se confirmada a necessidade de ratificação, a AES Brasil e a AES Operações convocarão assembleia extraordinária.