Acompanhe:

Acionistas da Eletrobras aprovam prorrogação de "passagem de bastão" do Luz Para Todos

É a etapa final de decisão que já havia sido publicada em maio no "Diário Oficial"

Modo escuro

Continua após a publicidade
Eletrobras: companhia quer deixar clara a mensagem de que também está preocupada com desenvolvimento socioeconômico brasileiro (Adriano Machado/Bloomberg via Getty Images/Getty Images)

Eletrobras: companhia quer deixar clara a mensagem de que também está preocupada com desenvolvimento socioeconômico brasileiro (Adriano Machado/Bloomberg via Getty Images/Getty Images)

Os acionistas da Eletrobras aprovaram, nesta quinta-feira, 29, a prorrogação de prazo para a "passagem de bastão" da gestão do Luz Para Todos para a ENB Par por até 12 meses. A extensão de prazo para a nova empresa estatal assumir o programa já havia sido publicada no "Diário Oficial da União", em maio.

O prazo original, que previa uma extensão de 12 meses a partir da desestatização da companhia, foi utilizado para começar o trabalho de transição, com sistemas e informações. Nesta semana, houve também uma cerimônia no Ministério de Minas e Energia para celebrar a transição.

A prorrogação do programa não significa adição de custo para a Eletrobras. Hoje, o manual de operacionalização do MME prevê o ressarcimento de custos ao prestador desse serviço ou seja, não há perdas.

A mensagem que a empresa de energia quer deixar, com o aval dos acionistas para o tema, é a de que não está alheia ao desenvolvimento socioeconômico do país. "Estamos comprometidos com a redução de desigualdades no país e com o cumprimento de diferentes ODSs mencionados em nosso relatório anual", diz Rodrigo Limp, vice-presidente de regulação e relações institucionais da Eletrobras, à EXAME Invest.

O posicionamento vem após falas do presidente Lula, no início de junho, a respeito da responsabilidade da companhia desestatizada em relação ao fornecimento de energia no país. Em nota à imprensa, emitida na ocasião do envio da Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) 7385 que abordava questões relacionadas à participação da União na Eletrobras a AGU mencionou que era "indispensável" que a companhia continuasse fornecendo apoio para políticas públicas no país.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Lucro da Weg (WEGE3) cresce no 4T23 e ações disparam mais de 6%
seloMercados

Lucro da Weg (WEGE3) cresce no 4T23 e ações disparam mais de 6%

Há 4 horas

Gerdau (GGBR4) tem ‘resultado fraco’ no 4T23 - como esperado - e ações sobem no Ibovespa
seloMercados

Gerdau (GGBR4) tem ‘resultado fraco’ no 4T23 - como esperado - e ações sobem no Ibovespa

Há 5 horas

Ibovespa agora: bolsa opera em queda à espera da ata do Fed
seloMercados

Ibovespa agora: bolsa opera em queda à espera da ata do Fed

Há 7 horas

Com mercados em queda, autoridades chinesas suspendem grande fundo quantitativo
seloMercados

Com mercados em queda, autoridades chinesas suspendem grande fundo quantitativo

Há 8 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais