Acompanhe:

Panamericano: acionistas não serão diluídos com aporte de R$ 2,5 bi

“Os recursos aportados serão utilizados para recompor as inconsistências contábeis”, explica banco em nota

 (SBT/Divulgação)

(SBT/Divulgação)

M
Marcelo Poli

10 de novembro de 2010, 16h04

São Paulo – O Banco Panamericano divulgou na tarde desta quarta-feira (10) uma nota na qual esclarece que mantém conversas com o Banco Centra em relação ao tratamento contábil que será dado ao aporte de 2,5 bilhões de reais após a identificação de inconsistências contábeis na instituição. O Banco afirmou ainda que não deverá haver aumento de capital, portanto, não há a possibilidade dos acionistas da companhia serem diluídos.

“A Companhia informa que o aporte de R$ 2,5 bilhões referido no fato relevante de 09/11/2010 não gerará qualquer encargo e está sendo realizado exclusivamente à conta do acionista controlador. Não haverá resgate, ou seja, os recursos aportados serão utilizados para recompor as inconsistências contábeis”, afirma a nota assinada pelo presidente do Conselho de Administração, Luiz Sebastião Sandoval.