Acompanhe:

10 novidades sobre o mercado que você precisa saber

Petrobras pode gastar até 40% a mais com executivos este ano, enquanto Samarco tem prejuízo e PwC coloca continuidade da mineradora em xeque

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Lama da Samarco: desastre ambiental fez com que empresa tivesse prejuízo de R$ 5,8 bilhões; auditora de balanço teme pela continuidade de operações.
 (Reuters/Ricardo Moraes)

Lama da Samarco: desastre ambiental fez com que empresa tivesse prejuízo de R$ 5,8 bilhões; auditora de balanço teme pela continuidade de operações. (Reuters/Ricardo Moraes)

J
Jonas Carvalho, Luiza Calegari

Publicado em 29 de abril de 2016 às, 07h36.

Confira as principais novidades do mercado desta sexta-feira (29):

Temer define equipe econômica, com Serra no Itamaraty

Caso a abertura de pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff seja aceita, o vice-presidente Michel Temer deve trocar toda a equipe de governo e já tem nomes para os principais ministérios.

O ex-presidente Henrique Meirelles deve ir para o Ministério da Fazenda; Romero Jucá, para o Planejamento; e Moreira Franco em uma nova secretaria ligada à presidência para tratar de privatizações.

O senador José Serra deve ser alojado no Ministério de Relações Exteriores, segundo O Estado de S. Paulo.

Dilma pretende anunciar reajuste do Bolsa Família

A presidente Dilma Rousseff quer aproveitar o Dia do Trabalho, 1º de Maio (domingo), para anunciar um reajuste nos benefícios do programa Bolsa Família.

O índice do aumento ainda não está fechado, mas, no Palácio do Planalto, auxiliares da presidente dizem que será na faixa de 5%.

Dilma também foi aconselhada a conceder mais uma bondade neste domingo: um porcentual de correção da tabela do Imposto de Renda, para compensar a inflação acumulada.

Petrobras poderá gastar até R$ 28 mi com executivos

A Petrobras poderá desembolsar até R$ 28 milhões para pagar salários e benefícios a diretores e conselheiros este ano, um valor 40% maior do que o previsto em 2015.

A empresa justificou que a alta se deve ao pagamento de uma "quarentena" (pelo período em que os executivos têm que ficar sem trabalhar em outras empresas), que não existia no ano passado, e ao reajuste pela inflação.

Samarco tem prejuízo de R$ 5,8 bilhões em 2015

A mineradora Samarco, controlada por Vale e BHP Billiton, teve prejuízo líquidi de R$ 5,84 bilhões em 2015, afetada pelo desastre ambiental em Mariana (MG), com o rompimento de uma barragem.

As reservas para reparação de danos, pagamento de multas e de exigências do governo após o desastre custaram R$ 9,8 bilhões do resultado final da empresa no ano passado. Em 2014, a Samarco tinha lucrado R$ 2,8 bilhões.

PwC enfatiza dúvida sobre continuidade da Samarco

Auditora do balanço da Samarco Mineração, a PricewaterhouseCoopers (PwC) afirma que existe "uma dúvida substancial" quanto à possibilidade de a companhia continuar a operar.

A mineradora vem trabalhando para retomar as atividades, suspensas após o acidente, mas ainda é incerto se e quando isso poderá ocorrer.

Brookfield negocia controle da Odebrecht Ambiental

O fundo de infraestrutura Brookfield está fechando negociações para assumir o braço de saneamento do grupo Odebrecht, a Odebrecht Ambiental, segundo o Valor Econômico.

O valor da transação é estimado entre R$ 5 bilhões e R$ 6 bilhões. A empresa atua em concessões de água e esgoto, além de atender clientes industriais.

Embraer sai de prejuízo para lucro de R$ 385,7 mi no 1º tri

A Embraer teve lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 385,7 milhões no primeiro trimestre, após prejuízo líquido de R$ 196,1 milhões de reais no mesmo período um ano antes.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da fabricante de aeronaves somou R$ 643,8 milhões de janeiro a março, alta de 50% na comparação anual.

Correios tiveram prejuízo de R$ 2,1 bilhões em 2015

Os Correios fecharam 2015 com um prejuízo de R$ 2,1 bilhões no orçamento. A receita líquida de vendas da estatal cresceu 6,75% em comparação com o ano anterior, enquanto as despesas aumentaram 18,5%.

Entre os motivos para o resultado, segundo a empresa, está a defasagem no valor das tarifas postais. O reajuste de 8,89% nas tarifas foi autorizado apenas em dezembro pelo Ministério da Fazenda.

Outra justificativa dos Correios para o resultado do ano passado é que foi alocado um total de R$ 1,3 bilhão em benefícios pós-emprego, para garantir saúde e previdência aos trabalhadores aposentados.

Techint e Nippon se unem contra CSN no Conselho da Usiminas

Um raro consenso entre os grupos controladores da Usiminas fez a presidência do Conselho de Administração da maior produtora de aços planos do Brasil voltar para os maiores acionistas da siderúrgica, em assembleia realizada nesta quinta-feira.

A votação em Belo Horizonte elegeu Elias Brito para a presidência do Conselho da Usiminas, nome indicado pelo grupo Techint em concordância com a Nippon Steel, segundo ata da assembleia enviada ao mercado que confirmou informação publicada pela Reuters mais cedo.

Consumidor de energia pode ter que cobrir rombo de R$ 6 bi

Nos últimos dias, a Aneel foi obrigada, por uma série de decisões judiciais, a suspender a cobrança da Conta de Desenvolvimento Energético, que atinge grandes consumidores industriais.

Várias empresas ainda continuam tentando suspender os pagamentos judicialmente, e a agência calcula que o rombo pode chegar a R$ 6 bilhões. 

Como a conta tem um orçamento anual pré-definido, se as indústrias não pagam sua parte, o resto tem de ser rateado entre consumidores residenciais --ou bancado pelo Tesouro.

Últimas Notícias

Ver mais
Abraham Loria: Projeto de regulamentação da tributária está praticamente pronto
Economia

Abraham Loria: Projeto de regulamentação da tributária está praticamente pronto

Há 4 horas

Técnicos da Câmara preveem déficit zero das contas públicas apenas em 2028
Economia

Técnicos da Câmara preveem déficit zero das contas públicas apenas em 2028

Há 6 horas

Apostas esportivas não serão pagas com dinheiro em espécie, boletos ou criptomoedas, define Fazenda
Economia

Apostas esportivas não serão pagas com dinheiro em espécie, boletos ou criptomoedas, define Fazenda

Há 7 horas

GP da China de F1 2024: veja horários e onde assistir ao vivo
Esporte

GP da China de F1 2024: veja horários e onde assistir ao vivo

Há 8 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais