Inteligência Artificial

GPT-4 supera o ser humano em análises financeiras, revela estudo

Modelo de linguagem soube identificar tendências, calculou diferentes índices e previu lucros futuros

Publicado em 29 de maio de 2024 às 07h10.

O GPT-4 da OpenAI provou ser um analista financeiro melhor do que os humanos, de acordo com um novo estudo.

As descobertas poderão prejudicar a indústria de serviços financeiros que, tal como outros setores empresariais, corre para se adaptar às tecnologias generativas de IA.

De acordo com o estudo conduzido pela Booth School of Business da Universidade de Chicago, citado pelo Business Insider, o grande modelo de linguagem fez um trabalho melhor ao analisar demonstrações financeiras e fazer previsões com base nessas declarações.

“Mesmo sem qualquer narrativa ou informação específica do setor, o LLM supera os analistas financeiros na sua capacidade de prever alterações nos lucros”, afirmou o estudo. "O LLM exibe uma vantagem relativa sobre os analistas humanos em situações em que os analistas tendem a ter dificuldades."

O estudo utilizou instruções de “cadeia de pensamento” que direcionaram o GPT-4 para identificar tendências nas demonstrações financeiras e calcular diferentes índices . A partir daí, o modelo de linguagem analisou as informações e previu resultados de lucros futuros.

“Quando usamos a cadeia de pensamento para emular o raciocínio humano, descobrimos que o GPT atinge uma precisão de 60%, que é notavelmente superior à alcançada pelos analistas”, disse o estudo. Os analistas humanos estavam mais próximos da faixa baixa de 50% no que diz respeito à precisão da previsão.

Musk recebe mais de R$ 30 bilhões para desafiar OpenAI

A startup de inteligência artificial de Elon Musk, xAI, arrecadou US$ 6 bilhões (R$ 31 bilhões) em uma rodada de financiamento Série B, conforme anunciado em um post no X em 26 de maio. As informações são da Bloomberg. Esta rodada de investimento ocorre menos de um ano após a estreia da xAI e representa um dos maiores investimentos no campo emergente de desenvolvimento de ferramentas de IA. Musk, que foi um dos primeiros apoiadores da inteligência artificial e da OpenAI, lançou a xAI para competir diretamente com seus antigos aliados na OpenAI.

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialChatGPT

Mais de Inteligência Artificial

As ações nada óbvias que podem se beneficiar pelo boom da IA

O brasileiro vai se adaptar a conversar com robôs, diz head de atendimento do BB

Uso de IA já não é mais uma escolha, diz Marcelo Braga, CEO da IBM

Lenovo lança primeiros notebooks Copilot+ com chips Snapdragon X no Brasil

Mais na Exame