Inteligência Artificial

Google lança ferramenta de IA NotebookLM e novos recursos em português

O novo assistente de IA processa informações de documentos, enquanto Gmail e Docs recebem funcionalidades de IA localizadas para o Brasil

 (Cesc Maymo/Getty Images)

(Cesc Maymo/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 11 de junho de 2024 às 14h37.

Última atualização em 11 de junho de 2024 às 14h39.

No processo de expandir a inteligência artificial para todos os seus produtos e serviços, o Google lançou nesta terça-feira,11, no Brasil, a ferramenta experimental de IA NotebookLM. Capaz de processar informações de documentos, PDFs, apresentações de slides e sites, o NotebookLM agora está disponível em português. A empresa também anunciou a integração de recursos de IA ao Gmail e ao Docs.

Apple apresenta nova Siri com IA generativa e integração com ChatGPT

Os lançamentos foram apresentados no evento Google For Brasil, em São Paulo. De acordo com o Google, o NotebookLM funciona como um sistema para gerar ideias e criar conteúdo a partir dos documentos do usuário. A ferramenta pode ser acessada pelo desktop em português e realiza tarefas como análise de gráficos e tabelas.

Outra novidade é a chegada da função "Ajude-me a Escrever" em português. Este recurso levará a inteligência artificial para o Gmail e o Docs, disponível para todos os usuários do pacote Workspace e para assinantes do One AI Premium. A IA pode resumir e-mails e reformular mensagens.

Durante o evento, o Google também anunciou novos recursos para a Busca no Brasil, incluindo ferramentas adicionais para negócios e a possibilidade de agendamento de serviços pelo buscador. Outra novidade é uma ferramenta que permitirá aos usuários remover resultados de pesquisas com informações pessoais.

Essas funções avançadas, que utilizam o modelo de IA Gemini 1.5 Pro, estarão disponíveis para brasileiros em inglês, em modo de experimentação, aparecendo em um painel lateral.

Conheça a sede do Google, na Califórnia

Acompanhe tudo sobre:Inteligência artificialGoogle

Mais de Inteligência Artificial

Com regulação branda, Milei quer tornar Argentina em polo da inteligência artificial

Musk ameaça banir dispositivos da Apple de suas empresas após novidade com ChatGPT

iPhone terá sistema de IA próprio e pastas bloqueadas por senhas; veja outras novidades

Apple apresenta nova Siri com IA generativa e integração com ChatGPT

Mais na Exame