Inteligência Artificial

84% dos varejistas no Brasil ainda não implementam soluções de inteligência artificial, afirma Linx

Baixa adoção de IA no setor varejista brasileiro indica barreiras, mas também potenciais para a tecnologia

O potencial da IA no varejo: setor passa por adoção tímida  (Divulgação/Divulgação)

O potencial da IA no varejo: setor passa por adoção tímida (Divulgação/Divulgação)

André Lopes
André Lopes

Repórter

Publicado em 8 de novembro de 2023 às 14h00.

Última atualização em 21 de novembro de 2023 às 16h01.

Um recente levantamento sobre a adoção de tecnologias de inteligência artificial (IA) no setor varejista nacional apontou que a maioria das empresas ainda não incorpora essas ferramentas em suas operações.

Os dados, levantados entre 328 empresas clientes da Linx, companhia do grupo StoneCo, identificou que 84% dos varejistas não utilizam IA em seus negócios, destacando a necessidade de maior compreensão e investimento no setor.

Dentre as empresas que ainda não aderiram à IA, a falta de iniciativa para considerar a questão e a insuficiência de investimentos em tecnologia são as principais barreiras.

Por outro lado, os 16% que já utilizam IA no varejo brasileiro relatam que suas motivações se concentram em aprimorar a operação, facilitar processos de vendas e atendimento ao cliente, além de gerenciar de forma mais eficaz a estratégia de negócio.

O estudo também elencou as funcionalidades mais empregadas pelos varejistas que já fazem uso da IA: o atendimento ao cliente por meio de chatbots, a geração de relatórios automáticos e o envio de mensagens automáticas figuram como as principais aplicações.

Para aqueles que ainda não adotaram IA, a facilidade de uso e a maior acessibilidade tecnológica foram citados como fatores decisivos que poderiam influenciar a implementação da inteligência artificial nos negócios varejistas.

Acompanhe tudo sobre:VarejoInteligência artificial

Mais de Inteligência Artificial

Ele foi estagiário de Steve Jobs nos anos 1980 — e se tornou CEO de empresa de IA

Reddit anuncia parceria de conteúdo com a OpenAI e ações sobem 15%

Ilya Sutskever, cofundador da OpenAI (ChatGPT), anuncia saída da empresa

Google anuncia ferramentas de criação para vídeos, imagens e música

Mais na Exame