Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Dança da chuva, que nada: cientistas vão usar drones para fazer chover

Drones serão equipados com equipamentos de emissão de carga elétrica e sensores que vão auxiliar na mudança climática de determinadas regiões

Cientistas dos Emirados Árabes Unidos e também da Universidade de Reading, na Inglaterra, estão trabalhando em um projeto que pretende usar drones para tentar fazer com que chova mais no país asiático, conhecido por suas altas temperaturas. A ideia é utilizar as aeronaves para alterar a carga elétrica das gotículas de chuva das nuvens.

“Equipados com uma carga útil de instrumentos de emissão de carga elétrica e sensores personalizados, esses drones voarão em baixas altitudes e fornecerão uma carga elétrica às moléculas de ar, o que deve estimular a precipitação”, afirma Alya Al-Mazroui, diretora do programa de pesquisa científica para intensificação da chuva nos Emirados ao Arab News.

Conforme reportado pela BBC, a nova tentativa poderia ajudar no abastecimento de água precário de grandes cidades do país, como Dubai. Em média, os Emirados Árabes Unidos contam com apenas 100 mm de chuva por ano. Para efeito de comparação, a média de pluviosidade em São Paulo é de 1356 mm.

Não é a primeira vez que o governo dos Emirados Árabes Unidos utiliza tecnologias para este fim. Desde 2017, aliás, o governo local já investiu mais de 15 milhões de dólares em diferentes projetos para fazer com que isso aconteça. Um deles é chamado de “semeadura de nuvem”, em que são depositados grãos de sal nas nuvens para estimulá-las já é utilizada.

Por ora, os pesquisadores agora aguardam a revisão do estudo científico em que detalham a tentativa de fornecer cargas elétricas às nuvens para estimular chuva. A expectativa é de que, quando isso acontecer, os cientistas recebam financiamento para utilizar uma aeronave maior para facilitar o trabalho.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também