Brasil

Governo do TO: Wanderlei Barbosa é eleito no 1º turno nas eleições 2022

O estado do Tocantins teve sete nomes disputando o cargo de governador nas eleições de 2022

Wanderlei Barbosa (Republicanos) é eleito governador do Tocantins (Marcos Oliveira/Agência Senado/Agência Senado)

Wanderlei Barbosa (Republicanos) é eleito governador do Tocantins (Marcos Oliveira/Agência Senado/Agência Senado)

DR

Da Redação

Publicado em 2 de outubro de 2022 às 19h56.

Última atualização em 2 de outubro de 2022 às 20h00.

O candidato Wanderlei Barbosa (Republicanos) foi eleito em primeiro turno para o governo do Tocantins, de acordo com dados de apuração do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em segundo lugar, ficou Ronaldo Dimas (PL). Com 91,33% das urnas apuradas, Barbosa obteve 58,21% dos votos válidos, enquanto Dimas recebeu 22,85%. Em terceiro ficou Paulo Mourão (PT), com 10,61%.

Clique aqui para ver o resultado das eleições 2022 no Brasil e em todos os estados

É a segunda vez seguida que a eleição para o governo do TO vai ser definida em segundo turno. Em 2018, Mauro Carlesse (PHS) e Vicentinho Alves (PR) acirraram a disputa, com Carlesse saindo como vencedor — tendo renunciado em março deste ano após ser acusado de envolvimento em esquema para receber vantagens ilícitas.

VEJA O RESULTADO COMPLETO DA VOTAÇÃO NO TOCANTINS

yt thumbnail

O pleito no estado do Tocantins em 2022 teve sete nomes disputando o cargo de governador:

  • Coronel Ricardo Macedo (PMB)
  • Dr. Luciano do Oswaldo Crus (DC)
  • Irajá (PSD)
  • Karol Chaes (PSOL)
  • Paulo Mourão (PT)
  • Ronaldo Dimas (PL)
  • Wanderlei Barbosa (Republicanos)

Quando é o segundo turno?

Para o cargo de governador, quando nenhum dos candidatos atinge 50% mais um dos votos válidos, a eleição vai para o segundo turno. Em 2022, a segunda etapa de votação é no dia 30 de outubro. Diferentemente de outros anos, para esta eleição, o fuso horário para a votação é um só em todo o país, o de Brasília, das 8h às 17h.

Não foi votar? Como justificar ausência do voto

Quem não pode justificar a ausência no dia do primeiro turno da eleição, tem o prazo de até 60 dias após cada turno para regularizar a situação eleitoral sem o pagamento da multa. Os canais para realizar o procedimento online são o e-Título e o Sistema Justifica. Nesse caso, além de preencher o requerimento, é necessário anexar documentos que comprovem o motivo alegado, pois a justificativa não é automática e poderá ser ou não concedida pelo juiz eleitoral.

Quem não votou no primeiro turno, pode votar no segundo?

O eleitor que não votou no primeiro turno das eleições de 2022 pode e deve votar no segundo turno. Segundo o TSE, cada turno é tratado como uma eleição independente pela Justiça Eleitoral. Isso significa que uma pessoa que não votou no primeiro turno não é proibida de ir às urnas no segundo, desde que seu título eleitoral esteja regular.

Quem é obrigado a votar e justificar a ausência

O voto é obrigatório para eleitoras e eleitores alfabetizadas, com idades entre 18 e 70 anos. O voto é facultativo para maiores de 16 anos e menores de 18 anos; maiores de 70 anos; e, analfabetos.

Leia tudo sobre as eleições 2022
Acompanhe tudo sobre:EleiçõesEleições 2022Política

Mais de Brasil

Base aérea de Canoas começa a receber voos comerciais nesta segunda

Governo libera 7,2 bilhões para comprar arroz importado

Guitarrista da banda Afrocidade morre após ser espancado na Bahia

Como irá funcionar o sistema de câmeras usadas por PMs; governo Tarcísio detalha

Mais na Exame