Future of Money

Startup de jogos em blockchain é a única brasileira a vencer competição de tecnologia na Argentina

Projeto vencedor propôs a criação de um marketplace para a locação de jogos em NFT para diversas redes blockchain

Curso de Inteligência Artificial para Negócios da EXAME está com desconto  (Getty Images/Reprodução)

Curso de Inteligência Artificial para Negócios da EXAME está com desconto (Getty Images/Reprodução)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 21 de junho de 2023 às 13h14.

A Trexx, startup brasileira de jogos em blockchain, foi a vencedora do principal prêmio de uma competição de tecnologia realizada esta semana na Argentina pela corretora de criptomoedas Ripio. O projeto vencedor foi um marketplace para a locação de itens de jogos em NFT multichain, ou seja, com conexão em diversas redes blockchain.

Única brasileira entre as 18 empresas selecionadas, a Trexx também foi o grupo com mais mulheres na equipe e conquistou o primeiro lugar na competição com o blockchain La Chain. Já com o blockchain Avalanche, a equipe ficou em terceiro lugar.

“Estamos muito felizes e empolgados, essa vitória mostra o grande potencial da Trexx e seu time, e consolida nossa expertise no mercado de web3 nos colocando como um dos principais players de Web3 gaming da América Latina", afirmou Heloisa Passos, CEO da Trexx, em um comunicado de imprensa.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

O projeto da Trexx é integrado em diferentes blockchains, o que acaba se tornando um desafio para os desenvolvedores, que destacam a importância dos mentores em competições de tecnologia como esta, chamandas de “hackathons”.

“Isso foi muito importante, pois na Trexx queremos construir produtos multichain que aproveitem o melhor de cada blockchain. Por isso, cada competição é uma oportunidade para integrar e aprender sobre uma nova blockchain, bem como aprender sobre ferramentas inovadoras no mundo do desenvolvimento, que incorporamos no desenvolvimento de outros produtos”, disse Vinicius Chagas, CTO da Trexx.

A startup foi uma das cinco selecionadas para falar com fundos argentinos no evento principal da Ripio, o Modular, que acontece na próxima quinta-feira, 22, em Buenos Aires.

Hackathons como oportunidade para startups

Os hackathons são eventos comuns no universo da tecnologia e podem abrir portas para diversas startups e iniciativas.

De acordo com Vinicius Chagas, CTO da Trexx, o diferencial de participar de uma competição como essa é a dificuldade de desenvolver em pouco tempo. “A competição é uma ótima oportunidade para evoluir o produto de forma rápida. Conseguimos fazer testes e coletar feedbacks de pessoas de diferentes projetos, o que agrega muito para nosso produto. Por outro lado, desenvolver um MVP em tão pouco tempo é algo desafiador, é necessário muita paciência, dedicação e resiliência”, disse.

“No último ano venci quatro hackathons nacionais e internacionais e estou determinada a transformar esses eventos em uma poderosa ferramenta para impulsionar nossos produtos baseados em blockchain, utilizando recursos provenientes da web3, como Hackathons e Grants”, afirmou Sabrina Olivo, líder da área de Open Inovation da Trexx.

Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok

Acompanhe tudo sobre:CriptoativosNFTsJogos onlineStartups

Mais de Future of Money

Por que as marcas não podem ignorar o blockchain: a transformação da interação com o consumidor

A solução para as barreiras de liquidez global nos investimentos

Investidores institucionais não acreditam em alta do bitcoin no curto prazo, aponta relatório

Dolce & Gabbana é processada nos EUA após problemas em coleção de NFTs

Mais na Exame