PwC compra terreno virtual e é mais uma gigante a entrar no metaverso

A empresa de consultoria e auditoria realizou a compra de um terreno virtual no metaverso descentralizado The Sandbox, contribuindo para a alta de sua criptomoeda nativa SAND
As vendas de terrenos no metaverso vem aumentando significativamente desde o final de outubro (Piti Reali/Divulgação)
As vendas de terrenos no metaverso vem aumentando significativamente desde o final de outubro (Piti Reali/Divulgação)
Por CoindeskPublicado em 23/12/2021 17:00 | Última atualização em 23/12/2021 17:00Tempo de Leitura: 3 min de leitura

O metaverso da Animoca Brands, o The Sandbox, está anunciando a chegada dos engravatados: neste caso, a empresa de consultoria PwC de Hong Kong.

A equipe do The Sandbox anunciou nesta quinta-feira, 23, que a empresa consultoria comprou um imóvel virtual representado por um token não-fungível (NFT). Um representante da PwC Hong Kong não especificou qual lote comprou ou por quanto. As vendas recentes fizeram com que um terreno chegasse a custar cerca de 10 mil dólares cada, de acordo com dados do blockchain.

É em parte experimento, em parte negócios com visão de futuro para a PwC, já que marcas que vão desde Nike ao Facebook se empenham no que alguns vêem como a próxima etapa inevitável de estar “muito online”.

“Vamos alavancar nossa experiência para aconselhar os clientes que desejam abraçar o metaverso em toda a gama de desafios apresentados por este fenômeno digital global emergente”, disse o sócio da PwC Hong Kong, William Gee, em um comunicado.

Apesar de toda a empolgação, os metaversos permanecem extremamente nichados em termos de número de usuários. De acordo com o DappRadar, o The Sandbox recebeu apenas 4.500 usuários (ou endereços de carteira exclusivos interagindo com o dApp) nos últimos 30 dias.

Isso não impediu que os “garimpeiros digitais” abrissem suas lojas, caso as pessoas comecem a chegar em massa no futuro próximo.

“O metaverso está aberto para negócios”, disse o COO do The Sandbox, Sebastien Borget, em um comunicado. “Damos as boas-vindas à PwC Hong Kong para ver como o The Sandbox promove novas experiências imersivas e maneiras para as marcas se conectarem com os clientes.”

As vendas de terrenos no metaverso vem aumentando significativamente desde o final de outubro, quando o Facebook mudou seu nome para Meta.

O token nativo do The Sandbox, SAND, também pegou a onda de curiosidade do consumidor - passando de cerca de 80 centavos de dólar antes do anúncio do Facebook para uma máxima histórica de 8,40 dólares em 25 de novembro.

O SAND está sendo negociado a 5,32 dólares no momento, com as notícias da PwC parecendo contribuir para uma alta no preço, de acordo com dados da Messari.

(Messari/Reprodução)

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok