Prada e Adidas miram metaverso e lançam coleção de NFTs de luxo na Polygon

Através dos NFTs, marcas buscam se aproximar cada vez mais do metaverso e explorar a tecnologia blockchain com peças digitais e exclusivas
Coleção Adidas x Prada Re-Nylon (Prada/Reprodução)
Coleção Adidas x Prada Re-Nylon (Prada/Reprodução)
Por CoindeskPublicado em 21/01/2022 14:08 | Última atualização em 28/01/2022 09:49Tempo de Leitura: 4 min de leitura

A Prada, uma das maiores marcas do mercado de luxo, e a Adidas, gigante do sportswear que recentemente anunciou a sua entrada para o metaverso, uniram forças para lançar um novo projeto de tokens não-fungíveis (NFTs) construído na rede Polygon. O projeto permitirá que os fãs contribuam com seus próprios designs.

A Prada e Adidas Originals afirmaram que vão leiloar uma coleção de NFTs projetadas pelo artista digital Zach Lieberman na SuperRare entre 28 e 31 de janeiro. Os lucros da venda dos NFTs serão doados para uma instituição de caridade que apoia artistas e criadores.

Essa parceria entre as empresas é outro sinal de que marcas de roupas – tanto de alta costura quanto de fast fashion – estão entrando agressivamente no espaço, na tentativa de oferecer aos clientes uma experiência mais digital.

O Morgan Stanley prevê que o mercado total de NFTs deve crescer para 300 bilhões de dólares até 2030. O relatório diz que marcas de luxo como Gucci, Balenciaga e Kering são as que estão em melhor posição para lucrar com colaborações digitais no metaverso.

A partir de 24 de janeiro, os fãs poderão se registrar com uma carteira digital para criar e emitir NFTs enviando uma fotografia com o filtro projetado pelo artista digital Lieberman. O projeto então escolherá 3 mil contribuidores que também terão direitos de propriedade intelectual para seus NFTs e poderão participar do lançamento exclusivo no final daquela semana.

“A Adidas e a Prada exploram uma seleção de vestuário e acessórios que carregam o DNA de ambas as marcas. Complementando a coleção com a reinterpretação do Fórum através da adição do tecido Re-Nylon da Prada e a minibolsa", disse a Adidas Originals no Twitter. O tecido Re-Nylon e a minibolsa que fica na alça das bolsas da Prada foi um dos maiores sucessos da marca no último ano, após o lançamento da bolsa Prada Re-Edition.

Metaverso de luxo

A Prada e Adidas também vão lançar sua terceira colaboração, apelidada de “coleção da Adidas para a Prada Re-Nylon”, dessa vez no metaverso. Um comunicado de imprensa não especificou qual metaverso, mas a Adidas já anunciou que terá seu espaço no The Sandbox.

“A Prada vê o metaverso como um novo espaço para a marca redefinir o luxo para a próxima geração e cultivar experiências compartilhadas que honrem o espírito de experimentação e criatividade das marcas”, disse Lorenzo Bertelli, diretor de marketing da Prada e head de responsabilidade social corporativa.

Mais recentemente, a Crocs apresentou um pedido de marca registrada em 11 de janeiro que irá expandir sua marca para o mundo dos NFTs. No mesmo mês, a Gap anunciou que se uniu à InterPop para lançar sua primeira coleção na blockchain Tezos. O lançamento exclusivo também incluiu uma experiência digital gamificada, permitindo que os clientes comprassem um moletom Gap de edição limitada.

As marcas de luxo já estão ganhando milhões de dólares com o leilão de NFTs. Em setembro do ano passado, a marca italiana de alta costura Dolce & Gabbana lançou sua coleção de NFTs, a Collezione Genesi, que arrecadou aproximadamente 5,65 milhões de dólares em apenas uma venda.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok