Future of Money

'Hacker do bem' ganha recompensa de R$ 500 mil após roubar protocolo cripto

Tender.fi, que faz parte do segmento de finanças descentralizadas, informou acordo após perda de R$ 8,25 milhões em ether

Roubo de criptomoedas prejudicou protocolo descentralizado de empréstimos (Reprodução/Reprodução)

Roubo de criptomoedas prejudicou protocolo descentralizado de empréstimos (Reprodução/Reprodução)

João Pedro Malar
João Pedro Malar

Repórter do Future of Money

Publicado em 8 de março de 2023 às 11h57.

Um hacker "whitehat", termo que se refere a pessoas que invadem sites e contas apenas para mostrar vulnerabilidades que podem ser corrigidas, recebeu uma recompensa de R$ 500 mil após roubar mais de R$ 8,5 milhões do Tender.fi, um protocolo de empréstimos de criptomoedas que integra o ecossistema de finanças descentralizadas (DeFi, na sigla em inglês).

A invasão foi informada na terça-feira, 7, pela plataforma de inteligência de mercado Lookonchain. Ela compartilhou no Twitter os detalhes do roubo de fundos realizado pelo hacker na Tender.fi. Com um depósito de apenas US$ 71, ele foi capaz de obter um empréstimo de US$ 1,59 milhão em ether, a criptomoeda nativa do blockchain Ethereum.

De acordo com a empresa, ele se aproveitou de uma configuração errada no oráculo do protocolo. Os oráculos são responsáveis por realizar a comunicação entre diferentes blockchains e permitindo a realização de transações entre eles. O Lookonchain alertou os clientes da Tender.fi a "prestarem atenção".

Algumas horas depois, a Tender.fi fez um post no Twitter em que informou que chegou a um acordo com o hacker. Os termos acordados pelas duas partes foram enviados como descrição de uma transação na rede Arbitrum. Com isso, o hacker devolveu a maior parte dos fundos roubados.

Como recompensa, a Tender.fi o recompensou com aproximadamente 62 ethers do total roubados, o que corresponde a R$ 500 mil na cotação atual. A empresa descreveu a quantia como uma "recompensa por ajudar a aumentar a segurança do protocolo".

"A equipe da Tender.fi vai reembolsar o valor dado como recompensa no protocolo, para que não haja inadimplência e os usuários não sejam afetados", garantiu o post. Em outra publicação, o protocolo confirmou a devolução dos fundos roubados e garantiu que eles estão seguros agora.

A Tender.fi chegou a pausar a realização de qualquer empréstimo em sua plataforma enquanto investigava a movimentação realizada pelo hacker. O caso repercutiu mal no mercado e refletiu no preço do token nativo do protocolo, o TND. Nas últimas 24 horas, ele acumula uma queda de 13%, cotado a US$ 2,04, segundo dados do CoinGecko.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasDeFiHackers

Mais de Future of Money

Chiliz muda blockchain após perda de espaço e queda de fan tokens

Liquidez no mercado de criptomoedas meme atinge maior nível da história

Milei diz que "não há problemas" para usar bitcoin em pagamentos na Argentina

Investidores do token do Coritiba recebem quase R$ 1 milhão após venda de jogador

Mais na Exame