Future of Money

Federação Espanhola de Futebol lança marketplace com NFTs de lances famosos

Colecionáveis registram jogadas de craques como Lionel Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar Jr., Gareth Bale e Thibaut Courtois

Responsáveis pelo projeto querem usar marketplace de NFTs na Copa do Mundo de 2030 (Stu Forster/Getty Images)

Responsáveis pelo projeto querem usar marketplace de NFTs na Copa do Mundo de 2030 (Stu Forster/Getty Images)

Cointelegraph Brasil

Cointelegraph Brasil

Publicado em 27 de dezembro de 2022 às 15h19.

Unidos em uma candidatura à sede da Copa do Mundo de 2030, Espanha e Portugal deram o pontapé inicial no último dia 21 de dezembro para eternizar lances memoráveis da Copa del Rey, o campeonato mais antigo do futebol espanhol.

Trata-se do lançamento da coleção de tokens não-fungíveis (NFTs, na sigla em inglês) Drop #5 Copa del Rey, que conta com lances icônicos de craques do futebol atual como Lionel Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar Jr., Gareth Bale, Thibaut Courtois e Theo Hernández, além de outras lendas que passaram pelos gramados espanhóis, incluindo Diego Maradona, Iker Casillas, Luís Figo, Hugo Sánchez, Diego Tristán, Roberto Carlos, Paulo Futre e Raúl.

  • Aproveite todas as possibilidades do mundo crypto. A Mynt ajuda você a explorar o melhor do mercado com segurança e diversidade de criptomoedas. Clique aqui para abrir sua conta.

O Drop #5 Copa del Rey é fruto de uma parceria entre a Real Federação Espanhola de Futebol e a startup portuguesa RealFevr, responsável pelo primeiro marketplace de futebol de NFTs em formato de vídeo. Segundo os responsáveis pelo projeto, a ideia é lançar uma coleção com lances da “Seleção Ibérica” (Espanha e Portugal) na Copa de 2030.

"O passado é grandioso porque os maiores jogadores da história do futebol jogaram na Espanha e agora temos oportunidade não só de os celebrar, mas também de os recordar e colecionar", disse Fred Antunes, CEO da RealFevr, durante o lançamento do Drop #5 Copa del Rey.

Fred Antunes também exaltou o gigantismo do Campeonato Espanhol ao justificar o lançamento dos NFTs e acrescentou: "Fazia todo o sentido que a RFEF fosse a primeira federação, não só pelo que representa, mas também pela Copa del Rey, provavelmente, a maior competição de futebol do mundo".

O Drop #5 Copa del Rey conta com 14.971 pacotes que são divididos nas categorias Basic, que custa US$ 15 e possui três NFTs, Super, precificado em US$ 69 e que contém cinco colecionáveis, e Ultra, negociado a US$ 129 e com 10 NFTs.

De acordo com a RealFevr, os colecionáveis mais raros são os Unique, que, como o próprio nome diz, possuem apenas uma cópia de cada, com momentos históricos de Thibaut Courtois, Theo Hernández, Luís Figo e Gareth Bale. A startup informou ainda que os interessados precisam adquirir o token da RealFevr, já que os pacotes são vendidos somente em "$FEVR".

Em outro caso de uso de NFTs vinculados ao futebol, um torcedor do Palmeiras desembolsou recentemente R$ 30 mil por um criptoativo da coleção ‘Rough Diamonds’, que vincula os tokens às carreiras de jovens promessas do futebol brasileiro. No caso do palmeirense, o investidor receberá a primeira camisa profissional usada por Endrick, revelação do alviverde que deverá defender o Real Madris a partir de 2024.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok  

Acompanhe tudo sobre:CriptoativosEspanhaFutebolNFTs

Mais de Future of Money

Governo da Alemanha movimenta mais de R$ 2 bilhões em bitcoin e gera temor no mercado

'CEO mais odiado dos EUA' é descoberto como criador de falsa criptomoeda 'oficial' de Donald Trump

Vale do Silício: lugar certo para acelerar ideias e projetos; veja as oportunidades para startups

Grandes investidores vendem R$ 6 bilhões em bitcoin em 2 semanas

Mais na Exame