Future of Money

Ethereum pode "surpreender" investidores e voltar a disparar, afirma Coinbase

Segunda maior criptomoeda do mercado tem tido performance inferior à do bitcoin, mas exchange acredita que cenário pode mudar

Ether é a segunda maior criptomoeda do mercado (Reprodução/Reprodução)

Ether é a segunda maior criptomoeda do mercado (Reprodução/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 17 de maio de 2024 às 15h55.

O ether, criptomoeda do blockchain Ethereum, pode "surpreender" os investidores e tem potencial para disparar, apesar de no momento estar com uma performance negativa em relação ao resto do mercado. É o que avalia a corretora Coinbase em um relatório divulgado na última quarta-feira, 17.

No relatório, a exchange aponta que o preço da criptomoeda valorizou 29% no acumulado de 2024, mas está distante do ganho de mais de 50% do bitcoin neste ano. Ao mesmo tempo, o mercado cripto como um todo acumula uma alta de 28% no mesmo período.

Entretanto, o que tem chamado a atenção dos investidores é o desempenho do ether nos últimos dias, em especial sua dificuldade de acompanhar o ritmo de recuperação do bitcoin. Mesmo assim, a Coinbase acredita que a posição de longo prazo do ativo "permanece forte".

"O ether pode ter o potencial para surpreender positivamente nos próximos meses", destacam os analistas. Eles pontuam ainda que o ativo não tem grandes entraves do lado da oferta, como liberações de tokens ou vendas por validadores, dois tipos de eventos que costumam resultar em quedas de preço.

Os analistas comentam ainda que tanto a atividade de staking na rede quanto o crescimento de redes de segunda camada baseadas na Ethereum "mostraram ser consideráveis", sem indícios de mudança na "posição da Ethereum como o centro das finanças descentralizadas" um sinal positivo para o futuro da criptomoeda.

ETFs de ether

A Coinbase avalia ainda que a possível aprovação de ETFs de preço à vista de ether nos Estados Unidos precisa ser levada em conta. "Acreditamos que o mercado pode estar subestimando o momento e as probabilidades de uma possível aprovação, o que deixa espaço para surpresas positivas", afirmam.

No momento, a maioria dos especialistas acredita que os pedidos de lançamento deverão ser recusados pela SEC no mês de maio. O principal motivo é a visão do regulador de que a criptomoeda seria um valor mobiliário, um caso diferente do bitcoin, que é classificado como commodity.

"Mesmo que o primeiro prazo de análise em 23 de maio de 2024 resulte em rejeições, acreditamos que há uma grande probabilidade de que um litígio possa reverter essa decisão. Nesse ínterim, acreditamos que os impulsionadores estruturais da demanda por ether, bem como o as inovações tecnológicas dentro do seu ecossistema, permitirão que o ether se aproveite de múltiplas narrativas", dizem.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | TikTok

Acompanhe tudo sobre:EthereumBlockchainCriptomoedasCriptoativos

Mais de Future of Money

Investidores de criptomoedas deveriam estar em pânico, diz fundador de fundo

Binance é acusada de racismo por publicação nas redes sociais e culpa estagiário

Mineradoras de bitcoin listadas nos EUA atingem maior valor da história

Cenário macro dos EUA pode apagar otimismo do bitcoin em 2024? Entenda

Mais na Exame