Acompanhe:

'Estamos vendo o fim do começo do mercado de NFTs', diz especialista

Após quedas no volume de negociação e preço médio, especialistas discutem a possibilidade de uma bolha e quais são os efeitos do fluxo vendedor recente no mercado de NFTs

Modo escuro

Continua após a publicidade
Preço médio, volume de negociação e várias outras métricas mostram que mercado deu uma esfriada, mas especialistas mostram otimismo (ismagilov/Getty Images)

Preço médio, volume de negociação e várias outras métricas mostram que mercado deu uma esfriada, mas especialistas mostram otimismo (ismagilov/Getty Images)

G
Gabriel Marques

Publicado em 11 de março de 2022 às, 12h50.

Os NFTs se tornaram uma verdadeira febre nos últimos anos, movimentando milhares de pessoas, um monte de celebridades, bilhões de dólares e incontáveis projetos que vão de obras de arte, cards esportivos colecionáveis, desenhos gerados por computador e muito mais. Mas, segundo um levantamento recente, o setor pode estar "esfriando" - ao menos temporariamente.

Segundo dados, o valor médio dos NFTs caiu 48% nas últimas semanas, enquanto o volume de negociação na maior plataforma do gênero, a OpenSea, caiu cerca de 80%. Segundo Mark Chrystal, de um coletivo que investe nos NFTs da coleção Bored Ape Yacht Club, o momento atual do mercado de tkoens não-fungíveis pode ser definido como "o fim do começo".

Até o fim de 2021, quase US$ 41 bilhões haviam sido movimentados em NFTs, fazendo com que esse mercado fosse quase tão valioso quanto o de arte global. Em novembro, o valor médio de um token não-fungível era de US$ 2.500, hoje é de US$ 1.200. Além disso, a OpenSea reportou um volume de negociação em março 80% menor do que no mês anterior - US$ 50 milhões contra US$ 248 milhões. De acordo com o site NonFungible, o número de contas negociando os tokens também caiu, de 380 mil em novembro passado, para 194.000 atualmente.

“No final do ano passado, havia um consenso de que havia uma saturação em certas partes do mercado, em especial em fotos de perfil com temas de macacos”, disse Nadya Ivanova, COO no L’Atelier, unidade de análise de tendências do banco BNP Paribas, ao Financial Times.

“O número de compradores ainda é maior que o de vendedores. Não estamos naquele ponto de estouro de bolha”, completou Ivanova. Segundo pesquisa feita pelo Financial Times, o preço médio de um Bored Ape, que é coleção de NFTs cujos tokens tem o maior preço do mundo - é essa coleção que tem Neymar, Eminem, Justin Bieber e vários outros famosos como entusiastas -  caiu cerca de 44% desde o início da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Os jogos play-to-earn também sofrem com o aumento do fluxo vendedor. O preço de um personagem de entrada no jogo Axie Infinity caiu de US$ 300 para US$ 25, mas os personagens mais raros “mantiveram seus preços estáveis”, disse Aleksander Larsen, COO da SkyMavis, desenvolvedora do jogo.

Apesar disso, colecionadores continuam apostando na classe de ativos, como afirmou Fanny Lakoubay, consultor de arte e NFTs: “Tem muitos ruídos e até golpes no campo dos NFTs, esse inverno cripto dá ao setor tempo para construir uma tecnologia que funcione e eduque. Essa indústria ainda está em construção”.

“Seria essa uma pausa antes da ressurgência em um mês ou dois? Acredito que sim”, disse Mark Chrystal, fundador do Bored Capital Club, coletiva que investe em Bored Apes. “Não acredito que estamos vendo o fim do mercado de NFTs, mas talvez estejamos vendo o fim do começo”.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Últimas Notícias

Ver mais
Halving do bitcoin: qual é o impacto para os investidores?
Future of Money

Halving do bitcoin: qual é o impacto para os investidores?

Há 7 horas

Bitcoin permite criação de sistema privado de justiça
Future of Money

Bitcoin permite criação de sistema privado de justiça

Há um dia

Tokenização: será que vamos enfim tokenizar tudo?
Future of Money

Tokenização: será que vamos enfim tokenizar tudo?

Há 2 dias

DePIN: conheça o setor trilionário de alto valor para o mundo real
Future of Money

DePIN: conheça o setor trilionário de alto valor para o mundo real

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais