Future of Money

Dados de inflação nos EUA não animam investidores e preço do bitcoin reage em queda

Entenda como os dados de inflação nos EUA podem impactar o preço do bitcoin e das principais criptomoedas

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 10 de abril de 2024 às 12h09.

Última atualização em 10 de abril de 2024 às 12h27.

Tudo sobreBitcoin
Saiba mais

Nesta quarta-feira, 10, o bitcoin e as principais criptomoedas seguem em queda em uma reação aos recentes dados do Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) sobre a inflação nos EUA divulgados nesta manhã.

Movimentando cerca de US$ 96 bilhões nas últimas 24 horas, o mercado de criptomoedas tem seus principais ativos sendo negociados no vermelho após os dados do CPI terem decepcionado as expectativas de cortes na taxa de juro dos EUA em junho.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

No momento, o bitcoin é negociado a US$ 68.694, com queda de 0,9% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. Desde o início do ano, no entanto, a principal criptomoeda já subiu 62,5%.

Impacto do CPI nas criptomoedas

“Tivemos o CPI maior do que o esperado — veio 0,4% enquanto o esperado era 0,3% e a anual era de 3,5% versus 3,4%. Ou seja, tivemos alguns fatores somados de dados negativos até o momento, onde a inflação não está recuando conforme o esperado. Isso provocou uma leve reação do mercado de queda, porque se a inflação não tiver controlada, o corte de juros vai ser complicado”, comentou Tasso Lago, especialista em criptomoedas e fundador da Financial Move.

“O mercado está esperando esse corte de juros para este ano, pelo menos três cortes de juros para este ano. E os últimos resultados da inflação foram acima do esperado, com uma economia pungente. Pode parecer contrassenso para a grande maioria, mas nesse momento o mercado deseja ver um desemprego crescente, pois desemprego crescente é menos demanda, menos pressão compradora, que iria dar uma tranquilidade maior na inflação”, acrescentou.

“Tanto Nasdaq quanto bitcoin reagem com leve queda nesse momento. O bitcoin está indo 1%, e os mercados seguem olhando para esse fator para ver se ele melhora. No geral, foi um resultado ruim para os mercados de renda variável”, concluiu o especialista.

Criptomoedas hoje

O ether, criptomoeda nativa da rede Ethereum, acompanha o bitcoin em uma queda de 0,9% nas últimas 24 horas, sendo cotado a US$ 3.477 no momento, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Entre as 20 principais criptomoedas por valor de mercado, apenas BNB e Toncoin apresentam alta significativa, de 1,7% e 1,6%, respectivamente.

No que ficar de olho

"Com a divulgação desses dados, fica claro que não veremos cortes na taxa de juro dos EUA na reunião do FOMC de junho, como estava sendo precificado pelo mercado. Embora o Fed favoreça o índice PCE ao CPI como alvo, a inflação acima do esperado é mais um motivo para o Fed não realizar cortes antes da presença de dados que mostrem uma desaceleração mais clara da economia americana”, disse João Galhardo, analista de research da Mynt, plataforma de criptoativos do BTG Pactual.

“Devemos agora estar atentos à publicação da ata do FOMC, prevista para hoje às 15h00, que fornecerá mais detalhes sobre as futuras ações do Banco Central dos EUA", acrescentou o especialista à EXAME.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasCriptoativosFinançasBitcoin

Mais de Future of Money

Investidores lucram até 1.600% com criptomoeda meme de Donald Trump

Presidente da SEC critica projeto de lei nos EUA que mudaria regulação de criptomoedas

Hong Kong proíbe operações do Worldcoin, projeto de "identidade digital" de Sam Altman

Banco Central prorroga piloto do Drex e anuncia nova fase de testes

Mais na Exame