Future of Money

Criptomoedas em baixa: ‘cautela’ de investidores e pessimismo com ETF de ether afetam mercado

Bitcoin, ether e as principais criptomoedas em valor de mercado são negociadas no vermelho; descubra os motivos

 (Reprodução/Reprodução)

(Reprodução/Reprodução)

Mariana Maria Silva
Mariana Maria Silva

Repórter do Future of Money

Publicado em 25 de abril de 2024 às 14h17.

Última atualização em 25 de abril de 2024 às 14h20.

Tudo sobreCriptomoedas
Saiba mais

Nesta quinta-feira, 25, o bitcoin, ether e as principais criptomoedas do mercado são negociados em queda. A cautela de investidores com os dados da economia norte-americana e o recente pessimismo em relação a uma possível aprovação de um ETF de ether à vista nos EUA afetam negativamente o setor, que movimentou US$ 84,9 bilhões nas últimas 24 horas.

No momento, o bitcoin é cotado a US$ 64.710, com queda de apenas 0,1% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap. No entanto, a maior criptomoeda do mundo chegou a despencar para US$ 62.783 nas primeiras horas do dia.

  • O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Beto Fernandes, analista da Foxbit, afirmou que o recente recuo do bitcoin se deve a cautela de investidores em relação aos dados da economia norte-americana que serão divulgados ainda esta semana.

“Apesar de praticamente precificado o não corte de juros nos Estados Unidos, o levantamento da inflação e a prévia do PIB do primeiro trimestre podem dar o tom para o futuro”, disse ele.

“Essa cautela foi vista também entre os mineradores que, apesar do halving, seguem com suas máquinas ligadas e operando para a rede. Isso, entretanto, não fez com que a venda de bitcoins por este grupo fosse reduzida. Ao contrário, mesmo que de forma tímida, a pressão vendedora aumentou um pouco hoje, o que ajudou a colocar o bitcoin em baixa”, acrescentou.

Pessimismo com ETFs de ether

Já o ether, criptomoeda nativa da rede Ethereum, é cotado a US$ 3.166, com queda de aproximadamente 0,3% nas últimas 24 horas, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Depois da aprovação dos primeiros ETFs de bitcoin à vista nos EUA em janeiro deste ano, a expectativa por uma aprovação dos ETFs de ether à vista tomou conta do mercado. No entanto, essa empolgação está mudando para um sentimento de pessimismo atualmente, o que afeta de forma negativa o preço da criptomoeda, segunda maior do mundo em valor de mercado.

"O silêncio da SEC sobre os ETFs de ether à vista, em conjunto com a postura de Gary Gensler em relação à classificação do ether como potencial valor mobiliário, sugere cada vez mais uma rejeição no fim do prazo em maio”, disse João Galhardo, analista de research da Mynt, plataforma de criptoativos do BTG Pactual.

“No entanto, com o mercado cropto menos alavancado após liquidações recentes, devido à volatilidade gerada por conflitos geopolíticos, e com a rejeição dos ETFs potencialmente já precificada, como demonstra a queda de 15% no par ETH/BTC desde março, o impacto a longo prazo no valor do criptoativo pode não ser tão significativo”, acrescentou.

Criptomoedas hoje

Além de bitcoin e ether, a maioria das criptomoedas entre as 20 maiores por valor de mercado é negociada no vermelho nesta quinta-feira, 25.

Entre elas, Avalanche se destaca por uma queda significativa de 3,3% nas últimas 24 horas. Já a BNB é negociada no verde, com alta de quase 2% no mesmo período, de acordo com dados do CoinMarketCap.

O JEITO FÁCIL E SEGURO DE INVESTIR EM CRYPTO. Na Mynt você negocia em poucos cliques e com a segurança de uma empresa BTG Pactual. Compre as maiores cryptos do mundo em minutos direto pelo app. Clique aqui para abrir sua conta gratuita.

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube Telegram | Tik Tok  

Leia mais

Acompanhe tudo sobre:CriptomoedasCriptoativosBitcoinEthereum

Mais de Future of Money

Presidente de El Salvador quer criar "Banco Bitcoin" para investidores

Ton, blockchain ligado ao Telegram, bate recorde e chega a R$ 3 bilhões em investimentos

Investidores de criptomoedas deveriam estar em pânico, diz fundador de fundo

Binance é acusada de racismo por publicação nas redes sociais e culpa estagiário

Mais na Exame