Future of Money

Criptomoeda AVAX dispara após anúncio de programa de incentivo milionário

Com investimento de US$ 180 milhões, “Avalanche Rush” promoverá integração do protocolo com plataformas de DeFi como Aave e Curve e preço do token dispara

A plataforma Avalanche é utilizada para construir redes de blockchain customizadas e dapps (Foto/Reuters)

A plataforma Avalanche é utilizada para construir redes de blockchain customizadas e dapps (Foto/Reuters)

Coindesk

Coindesk

Publicado em 19 de agosto de 2021 às 18h05.

Última atualização em 19 de agosto de 2021 às 18h45.

O preço do AVAX, token do protocolo de finanças descentralizadas (DeFi) Avalanche, disparou após a plataforma anunciar planos para um programa de incentivo de liquidity mining (ou "yield farming”), que é uma espécie de programa de recompensa para que formadores de mercado forneçam liquidez a um criptoativo através de uma exchange descentralizada. O objetivo é aumentar sua escala no setor das finanças descentralizadas (DeFi).

O token teve alta de 16% nas últimas 24 horas, sendo negociado por 31,26 dólares no momento da publicação, depois de passar dos 33 dólares no início do dia. O preço do criptoativo mais que dobrou no último mês, de acordo com dados da Messari.

A Avalanche Foundation afirmou em um comunicado de imprensa que o programa de incentivo de 180 milhões de dólares intitulado “Avalanche Rush” trará aplicativos DeFi de qualidade para plataformas como Aave e Curve. A Avalanche é uma plataforma utilizada para construir redes blockchain customizadas e aplicativos descentralizados, conhecidos como “dApps”.

Adequadamente apelidado de Avalanche Rush (ou “Corrida da Avalanche” em português), o programa levará exatamente a isso, uma avalanche de “dinheiro quente correndo em direção ao AVAX", disse Denis Vinokourov, head de pesquisa na Synergia Capital.

O token ainda colhe os frutos de sua alta histórica de 59 dólares que ocorreu há seis meses, de acordo com a CoinGecko.

“Com fortes números e parcerias, como as realizadas com a Polygon, Curve, Aave e outras, a melhor estratégia é atrair e reter usuários, ao invés de reinventar a roda por conta própria”, disse Vinokourov.

Geralmente conhecida como uma alternativa ao blockchain Ethereum, a Avalanche diz que o fato de processar milhares de transações por segundo e ter tarifas baixas a torna um “paraíso para os desertores da Ethereum”, de acordo com uma pesquisa da Messari. Não se trata de uma rede de blockchain único como a Ethereum, já que a Avalanche apresenta múltiplas cadeias que performam diferentes funções.

“Conforme as finanças descentralizadas (DeFi) se tornam cada vez mais populares, fica claro que o blockchain Ethereum sofre para lidar com toda a atividade. Dessa forma, é importante expandir para outras cadeias e camadas 2 (L2s)”, disse Michael Egorov, CEO da Curve Finance em uma comunicado à imprensa.

“Nós achamos que a oferta da Avalanche foi uma oportunidade excelente, com seu mecanismo de consenso descentralizado único, alto rendimento e taxas de transação baixas”, adicionou Egorov.

Texto traduzido e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | TwitterYouTube

Acompanhe tudo sobre:BlockchainCriptomoedasFinançasMercado financeiro

Mais de Future of Money

Inteligência artificial, blockchain e mais: qual será a tecnologia dos empregos do futuro?

CEO da Binance diz que bitcoin vai valer US$ 80 mil até o fim de 2024

“Não é o momento de se desesperar”, diz especialista do BTG sobre correção do bitcoin

Maior bolsa de valores da Austrália vai ganhar primeiro ETF de bitcoin

Mais na Exame