Criptomoedas serão ponte para energia 100% renovável, diz especialista

"Em algum momento, a mineração de bitcoin será vista como uma ferramenta útil e se tornará parte da infraestrutura dos países", disse CEO da Foundry Digital

Mike Colyer, CEO da Foundry Digital, subsidiária de mineração de criptomoedas do Digital Currency Group, afirmou que a mineração de bitcoin pode eventualmente ajudar a transição mundial para uma produção de energia totalmente sustentável.

Falando no evento Crypto Mining Forum, Colyer disse acreditar que conforme as grandes empresas de energia enxergarem os benefícios econômicos da mineração de criptomoedas como bitcoin, isso poderá levar a uma reestruturação do capital e das operações.

Chamando a mineração de bitcoin de "um grande estabilizador" para a rede elétrica, o executivo disse que a tecnologia poderia se tornar uma "ponte entre a produção de energia atual e um mundo onde 100% de nossa energia é produzida a partir de fontes renováveis."

“A mineração de bitcoins fornece uma carga básica estável e ainda é intermitente para permitir a estabilidade das redes”, disse Colyer. “Isso cria uma dinâmica econômica realmente poderosa para produtos de energia renovável”, afirmou o CEO.

Ele acrescentou: “Estados-nações, eles não podem ignorar isso, e eles vão encontrar maneiras de aproveitar seus recursos naturais para se envolver na mineração de bitcoin [...] Em algum momento, a mineração de bitcoin parecerá um utilitário, e será uma parte da infraestrutura crítica para os países.”

Colyer citou exemplos de avanço da tecnologia nos EUA, incluindo legisladores em Kentucky buscando incentivos fiscais para mineradores de criptomoedas locais e a empresa de mineração de bitcoin de Nova York, Greenidge Generation, que opera uma usina de energia que funciona apenas quando há alta demanda. De acordo com o CEO, poderia ser uma "jornada de 10 a 20 anos" para começar esta transição para as energias renováveis, mas o bitcoin provavelmente desempenharia um papel importante.

De acordo com Colyer, o Digital Currency Group já investiu mais de 225 milhões de dólares em mineradoras de criptomoedas norte-americanas, aparentemente em um esforço para tornar o país competitivo em relação às operações de outros países. A China ainda é líder em mineração de bitcoin, com um relatório recente sugerindo que 75% da mineração de bitcoin do mundo seja feita no país.

"As instituições chegaram. Mal consigo acompanhar as notícias todos os dias sobre novas empresas de mineração de bitcoin. Sempre pensei que os EUA seriam um líder na mineração de bitcoin", afirmou.

por Cointelegraph Brasil

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.