Acompanhe:

20 previsões de especialistas sobre o futuro do dinheiro

Descubra o futuros que nomes importantes do mundo cripto, como Sam Bankman-fried, o CEO da FTX, vislumbram para o dinheiro

Modo escuro

Continua após a publicidade
Especialistas ilustram 20 cenários possíveis para o dinheiro (blackdovfx/Getty Images)

Especialistas ilustram 20 cenários possíveis para o dinheiro (blackdovfx/Getty Images)

C
Coindesk

Publicado em 28 de dezembro de 2021 às, 14h27.

O bitcoin vai matar o dólar? O dinheiro do futuro será tokenizado? Como faremos pagamentos?

Como não temos uma bola de cristal, procuramos algumas das mentes mais brilhantes do mundo cripto para compartilhar suas previsões sobre "o futuro do dinheiro". É uma pergunta muito simples. O espaço ficou em aberto, permitindo que interpretassem a pergunta da maneira que considerassem adequada... e os resultados são fascinantes.

Foram muitas as contradições. Alguns são esperançosos, alguns são sinistros, alguns são otimistas em relação aos criptoativos, alguns são céticos e alguns imaginam um mundo muito diferente do de hoje.

Apenas uma dica dos possíveis futuros: Balaji Srinivasan prevê uma "matriz de DeFi" que será, em última análise, "uma confirmação do poder das moedas digitais de bancos centrais (CBDCs)".

Outros veem um mundo totalmente tokenizado ou, como prevê Jeff Dorman da Arca, "todas as empresas do mundo terão um token em sua estrutura de capital". O maximalista do bitcoin Erik Voorhees suspeita que as moedas fiduciárias irão se “sacrificar”. E, talvez em uma visão assustadora,  Marcelo Prates, do Banco Central do Brasil, imagina uma futura moeda “emitida por um grupo de seis grandes empresas de tecnologia conhecidas como “as seis irmãs”, e essa moeda engole o mundo”.

Há apenas uma linha que atravessa todas as 20 previsões: seja qual for o futuro do dinheiro, ele não será entediante.

1. Stablecoins substituem a "dolarização"

Antigamente, os países cujas moedas entraram em colapso se dolarizavam - eles importavam notas de dólar e começavam a usá-las como dinheiro. Daqui a dez anos, isso será uma relíquia. Os países irão dolarizar usando stablecoins, e os bancos centrais de todo o mundo acabarão temendo a cripto-dolarização como um cheque contra a alta na inflação.

- Haseeb Qureshi - sócio, Dragonfly Capital

2. Criptomoedas e dinheiro fiduciário irão coexistir

As criptomoedas e as principais moedas fiduciárias continuarão a coexistir. Podemos ver uma consolidação em moedas nacionais menores, à medida que as pessoas passarem a achar mais fácil acessar o dólar por meio de blockchains públicos.

-Hasu - colaborador de research, Paradigm

3. Todo mundo se tornará um programador

Objetos digitais estão se tornando tão comuns quanto e-mails, e o conhecimento de programação é semelhante ao conhecimento de leitura. Espero que nos próximos anos as pessoas criem centenas de tokens por ano, todos com descoberta de preço, negociáveis ​​e múltiplos atributos financeiros.

Da mesma forma, ser capaz de escrever, ler e interagir com contratos inteligentes que tornam isso possível será uma habilidade que cada vez mais pessoas terão para participar da economia. Isso significa que o dinheiro se tornará menos abstrato - algum número uma caixa - e muito mais vinculado ao nosso trabalho digital e autoexpressão.

-Lex Sokolin - economista-chefe da Consensys

4. O mundo adota a “matriz de DeFi”

A matriz de DeFi pode ser para a década de 2020 o que o gráfico social foi para a década de 2010. Uma vez que cada ativo pode ser representado em uma carteira digital - bitcoin e ethereum, sim, mas também CBDCs, ações, empréstimos, títulos, etc. - todos esses bilhões de ativos serão negociados uns contra os outros a cada segundo de cada dia em todo o mundo.

Essa tabela de negociações em pares é o que chamo de matriz DeFi. Algumas das células na matriz de DeFi, como BTC/USD, têm uma liquidez tremenda em muitos livros de ordem. Outros, como um novo NFT vs. um novo token, podem ter apenas o que um AMM (Criador de Mercado Automatizado) pode dar a eles. Mas todos os mercados financeiros podem ser reduzidos a submatrizes da matriz DeFi. O mercado de ações tradicional será de CBDCs vs ações de empresas do mundo cripto. O mercado cambial será CBDCs vs CBDCs. E os mercados fiduciários/cripto serão BTC/USDC e semelhantes.

-Balaji Srinivasan - investidor, ex-diretor de tecnologia da Coinbase e sócio da a16z

Srinivasan então desenvolve a implicação da matriz de DeFi, o que leva à nossa próxima previsão:

5. A matriz DeFi estimula a competição e se torna um incentivo aos bancos centrais

A matriz DeFi será uma verificação do poder das moedas digitais do banco central. Assim como o Google News fez todos os jornais locais competirem com todos os jornais locais, as carteiras digitais farão com que todas as moedas digitais nacionais concorram com todas as outras moedas digitais nacionais - e todos os outros ativos, públicos e privados.

As nações só serão capazes de determinar a adoção dentro de suas fronteiras e, mesmo assim, as pessoas só poderão reter o saldo mínimo de uma moeda de vigilância. Eles usarão carteiras digitais para selecionar ativos com programabilidade, privacidade, possibilidade de política monetária positiva e previsível sobre ativos bloqueados que não prometem nenhum desses recursos. Como tal, estamos entrando em uma era de competição monetária global.

-Balaji Srinivasan

6. A queda do dinheiro fiduciário

“Dentro de uma década, as moedas fiduciárias estarão em declínio severo, causado por seu próprio sacrifício e acelerado pela existência de alternativas sólidas baseadas no mercado”.

-Erik Voorhees, fundador da ShapeShift

7. O dinheiro sobreviverá

É moda para os futuristas prever o fim do dinheiro físico, mas as infraestruturas digitais não têm segurança em um mundo no qual as mudanças climáticas estão trazendo eventos climáticos cada vez mais extremos. O fato de que "o dinheiro não quebra" significa que ele é muito mais resistente do que o dinheiro digital e ainda existirá por muito tempo no futuro. O digital é superestimado.

-Brett Scott, autor de “The Heretic’s Guide to Global Finance: Hacking the Future of Money”

E com um pouco de tempero contrário, Scott também fala as próximas duas...

8. As criptomoedas não desafiam o sistema monetário

Os criptoativos como o bitcoin não desafiam fundamentalmente o sistema monetário, dado que dependem do sistema monetário para lhes dar um preço, mas esse preço permite que sejam contra-negociados (o processo de trocar uma coisa por outra por meio de seu preço monetário). Há uma nova era de countertrade emergindo, mas os entusiastas das criptomoedas continuam a confundi-la com uma nova era do dinheiro.

-Brett Scott

9. “New wave IOUs” decolam

As “New wave IOUs” e sistemas de crédito começam a decolar. O mainstream do mundo cripto perpetuou algumas ideias bastante regressivas sobre dinheiro nos últimos 10 anos, fixando-se em um paradigma de commodity, mas de longe os novos experimentos mais interessantes em dinheiro envolvem encontrar novas maneiras de criar redes horizontais de IOUs promissoras entre as pessoas.

-Brett Scott

10. “O futuro do dinheiro é o bitcoin”

-Alex Gladstein, diretor de estratégia, Human Rights Foundation

11. Tudo se torna tokenizado

A “tokenização de tudo” está mudando rapidamente a forma como percebemos o dinheiro e a riqueza, estimulando a criação de microeconomias digitais. Os NFTs são o primeiro aplicativo matador. A batalha pelo futuro do dinheiro começou, e meu dinheiro está nas inovações da Web 3.0, criando oportunidades para muitos, não apenas alguns.

-Sandra Ro, CEO, Global Blockchain Business Council

12. Dinheiro programável coloca os recursos do planeta para funcionar

O dinheiro é apenas uma representação dos ativos do mundo - nossa energia e nossa visão. O futuro do dinheiro é o futuro de como colocaremos os imensos recursos deste planeta para funcionar. Colocar dinheiro no blockchain, torná-lo programável e habilitá-lo para trabalhar com outros serviços e ativos são as chaves para nos dar escolha e poder para colocar nosso dinheiro para trabalhar.

Seja investindo em fazendas solares ou pagando por educação, ainda existem muitos projetos excelentes que não estão sendo realizados por falta de investimento. Com dinheiro baseado em um blockchain programável, podemos pegar nossos próprios ativos e colocá-los para trabalhar para o benefício de todos.

-Paul Brody, líder global de blockchain na Ernst & Young

13. Empresas imitam em tokens

Acredito que todas as empresas do mundo terão um token em sua estrutura de capital nos próximos cinco a dez anos. Esses tokens serão valores mobiliários híbridos - parte programa de fidelidade/recompensas de membros e parte quase-ação, em que o token terá uma utilidade dentro do ecossistema de uma empresa (recompensas) e também terá valor financeiro à medida que a empresa cresce suas receitas (repasse de dividendos).

Todas as empresas voltadas para o consumidor se beneficiarão ao envolver seus clientes com um token - desde Starbucks, Delta Airlines, Netflix e Disney a pequenas empresas locais como seu barbeiro, academia e bar de esquina.

-Jeff Dorman, diretor de investimentos da Arca

14. Big Tech reina suprema

É 2031 e mais de 6 bilhões de pessoas usam BTAs em suas transações diárias, uma moeda digital emitida por um grupo de seis grandes empresas de tecnologia conhecidas como as "seis irmãs".

Os BTAs não têm lastro e circulam globalmente em uma rede desenvolvida em 2024 pelos três bancos centrais mais poderosos da época. Com a adoção massiva de BTAs, apenas 21 das quase 200 moedas soberanas que existiam uma década antes sobreviveram. E essas poucas moedas nacionais ainda existem não porque são grandes demais para serem substituídas, mas porque são pequenas demais.

-Marcelo Prates, colunista da CoinDesk, advogado do Banco Central do Brasil

15. Mais escambo por meio de tokens

  1. Haverá uma proliferação de novas economias que terão sua própria forma de escambo (por exemplo, tokens como meio de troca, como tokens de jogos, estilo SLP, ETH). Eles serão aceitos como meio de troca diretamente.
  2. Aplicativos fáceis de usar habilitados para blockchain para facilitar a custódia e a negociação de formas tokenizadas de dinheiro.
  3. O agente de câmbio se autorregulará por meio de uma cesta de outras moedas (poderia ser ETH, BTC, USD, EUR, etc), afastando-se da exclusividade do dólar

-Beryl Li, cofundadora da Yield Guild Games.

Em seguida, em uma forma inteligente de se garantir, Dovey Wan nos dá duas previsões, uma distópica e outra otimista. (O leitor pode decidir qual é qual.)

16. Dinheiro fiduciário programável levará a confiscos

A política monetária fiduciária programável e as CBDCs farão uma apreensão arbitrária e confisco irrevogável dentro de algumas linhas de códigos.

-Dovey Wan, fundadora da Primitive Crypto

Sua próxima previsão:

17. As criptomoedas estimularão a redistribuição de riqueza

O sistema de banco central de Mordor não cria riqueza, apenas a percepção de riqueza. A “Grande Concentração” da riqueza fiduciária e a sua “Grande Redistribuição” para a cripto-riqueza estão acontecendo em paralelo nesta década.

-Dovey Wan

18. O dinheiro não refletirá mais o valor humano

Hoje, costuma-se dizer que o dinheiro tem três funções principais: reserva de valor, meio de troca e unidade de conta. Mas, mais do que isso, o dinheiro costuma ser visto como um reflexo de quanto você vale para este mundo e quanto aquele café vale para você. Dinheiro é valor. Mas, quando olho em volta, vejo os conceitos de dinheiro e valor se tornando cada vez menos interligados.

-Taylor Monahan, fundadora e CEO, MyCrypto

19. Serviços centralizados serão conectados por trilhos descentralizados

Deixe-me pintar um quadro que pode ou não acontecer. Você tem um monte de serviços centralizados e ilhas conectadas por trilhos de blockchain descentralizados... Acho que muitos serviços ainda precisarão ser isolados e centralizados porque isso é o que é mais eficiente do ponto de vista computacional, mas a rede como um todo poderia ser amplamente descentralizada.

Você pode mover-se entre qualquer serviço facilmente em trilhos de blockchain padronizados, o que seria extremamente valioso. Se existe uma maneira fácil e padronizada, em 30 segundos, de mover ativos de uma plataforma para outra - isso não existe fora do mundo cripto agora e isso é um grande obstáculo.

Os pagamentos podem ser efetivamente instantâneos nos trilhos do blockchain. Isso é verdade para o dinheiro, e isso também é verdade para ativos - os ativos serão tokenizados... Aplicativos de pagamento e objetos dentro de lojas suportam isso, (e isso está) provavelmente acontecendo em grande parte por meio de dispositivos móveis. Eu acho que é algo que seria de muitas maneiras mais eficiente e fácil de escalonar e crescer do que o sistema que temos hoje. Eu ficaria muito animado em ver algo assim.

-Sam Bankman-Fried, CEO, FTX

20. O dinheiro ficará mais estranho

Minha previsão para o futuro do dinheiro é que ele ficará muito mais estranho. Ele estará mais intimamente ligado a, ou permitirá uma maior expressão de nossas identidades e nossa individualidade. Isso refletirá nossos relacionamentos nos mundos físico e digital.

Isso vai acelerar a globalização ao reunir pessoas com valores semelhantes quebrando fronteiras - e uní-los com incentivos financeiros e uma identidade que é intensificada e aprofundada com o valor financeiro envolvido. E tudo isso vai abalar o mundo tradicional dos governos, diferentes jurisdições legais e diferentes moedas locais.

-Laura Shin, apresentadora do podcast “The Unchained”.

Texto traduzido por Mariana Maria Silva e republicado com autorização da Coindesk

Siga o Future of Money nas redes sociais: Instagram | Twitter | YouTube | Telegram | Tik Tok

Últimas Notícias

Ver mais
Campos Neto: se as pessoas perderem confiança na âncora fiscal, a âncora monetária será afetada
Economia

Campos Neto: se as pessoas perderem confiança na âncora fiscal, a âncora monetária será afetada

Há 11 horas

B3 vai lançar corretora de criptomoedas para investidores institucionais
Future of Money

B3 vai lançar corretora de criptomoedas para investidores institucionais

Há 13 horas

Saiba o que é Markup e como calcular
seloGuia de Investimentos

Saiba o que é Markup e como calcular

Há 14 horas

Adidas anuncia lançamento de nova coleção de NFTs e parceria com empresa cripto
Future of Money

Adidas anuncia lançamento de nova coleção de NFTs e parceria com empresa cripto

Há 14 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais