Esporte

Paramount quer abrir mão de direitos da Libertadores e Sul-Americana por questões financeiras

Em decadência financeira, a empresa pode ainda ser vendida em breve

Apenas Brasil e Argentina têm dado retornos positivos ao Paramount+ no quesito futebol (Fabio Menotti/Palmeiras/Flickr/Divulgação)

Apenas Brasil e Argentina têm dado retornos positivos ao Paramount+ no quesito futebol (Fabio Menotti/Palmeiras/Flickr/Divulgação)

Publicado em 25 de abril de 2024 às 16h07.

Em grave crise financeira, a Paramount está tentando rescindir o contrato que possui para transmitir a Libertadores e a Copa Sul-Americana para a América Latina. O Brasil também será afetado caso a rescisão seja bem-sucedida.

Os campeonatos são transmitidos pela empresa desde 2023 por meio do Paramount+, serviço de streaming da companhia. O acordo é válido até o final da temporada de 2026.

No momento, duas opções apresentam-se como mais prováveis: ou devolver os direitos nos países onde há déficit e mantê-los no Brasil e na Argentina ou repassar os direitos para terceiros ou devolvê-los à Conmenbol, que então os entregaria a outro grupo de mídia.

Embora os pagamentos à Conmebol não estejam atrasados, o retorno financeiro tem sido parco, com exceção do Brasil e Argentina. De acordo com a Paramount, a empresa vive um momento difícil.

Conforme indicam balanços divulgados pela companhia a acionistas, o streaming Paramount+ deu um prejuízo de U$ 1,6 bilhão -- equivalentes a aproximadamente R$ 8,2 bilhões na cotação atual -- no ano passado.

No entanto, a situação pode ser revertida mediante uma compra da Paramount. Após o anúncio de que a Sony e a Apollo Global estão avaliando comprar empresa, as ações da companhia subiram 13,4% na sexta-feira, 19.

A Paramount estaria ainda considerando uma fusão com a Skydance Media. Existem relatos de que a National Amusements, controladora da Paramount, já teria aprovado um possível acordo.

Assim, resta esperar para ver o que será da Paramount no Brasil — e, em especial, quem transmitirá, no streaming, os jogos da Libertadores e da Sul-Americana.

A EXAME procurou a Paramount e aguarda o posicionamento da empresa.

Acompanhe tudo sobre:ParamountStreamingCopa Libertadores da América

Mais de Esporte

Swiatek não dá chances a Paolini e é tetracampeã de Roland Garros

Santos x São Paulo: onde assistir, horário e escalações pelo Brasileirão Feminino

Grêmio x Estudiantes: onde assistir, horário e escalações pela Libertadores

Mais na Exame