Esporte

F1 planeja mudança na premiação e concessão de pontos até o 12º colocado nas corridas, diz site

Se forem aprovadas, as mudanças serão aplicadas na temporada de 2025

GP da China de F1: corrida ocorreu neste fim de semana (Lintao Zhang/Getty Images)

GP da China de F1: corrida ocorreu neste fim de semana (Lintao Zhang/Getty Images)

Mateus Omena
Mateus Omena

Repórter da Home

Publicado em 22 de abril de 2024 às 10h10.

A reunião da Comissão de Fórmula 1 da Federação Internacional do Automobilismo (FIA), agendada para esta semana, vai analisar a possibilidade de implementar um novo sistema de pontuação para a categoria.

A proposta é estender a área de pontuação até o 12º lugar, em vez dos dez primeiros no formato atual, segundo informações do site "Motorsport.com".

Dessa maneira, as disputas no pelotão intermediário e no final do grid podem se tornar mais atrativas e recompensadoras durante as corridas, ao mesmo tempo em que valoriza a performance das equipes intermediárias.

Para evitar alterações radicais, os pontos concedidos aos oito primeiros colocados não serão modificados, caso a sugestão seja aprovada para 2025.

No momento, na Fórmula 1, um ponto extra é dado ao piloto que registra a volta mais rápida da corrida, desde que termine entre os dez primeiros. Com o novo formato proposto, para garantir esse ponto extra, o piloto precisaria estar entre os 12 primeiros colocados na corrida.

O sistema de pontuação atual da Fórmula 1, que atribui 25 pontos ao vencedor e concede até um ponto aos dez primeiros, foi introduzido em 2010. Antes disso, o vencedor recebia dez pontos, o segundo colocado oito, o terceiro seis, e assim por diante até o oitavo lugar, que recebia apenas um ponto.

A mudança mais recente no formato de pontuação da Fórmula 1 foi a introdução de um sistema de contingência para corridas interrompidas antes do tempo previsto, como aconteceu no GP da Bélgica de 2021, que foi finalizado após apenas uma volta válida e quase quatro horas de paralisação. No entanto, esse sistema só é aplicado se a corrida não for oficialmente encerrada, ou seja, sem a bandeira quadriculada.

Em 2021, a Fórmula 1 também passou a conceder mais pontos aos pilotos com a introdução das corridas sprint. Atualmente, esse formato de corridas de curta distância garante de um a oito pontos extras para os oito primeiros colocados, em seis Grandes Prêmios por temporada.

No atual campeonato de pilotos da Fórmula 1, liderado por Max Verstappen, sete pilotos ainda não pontuaram. Na classificação de construtores, três equipes estão zeradas nas últimas posições: Williams, Alpine e Sauber.

Veja a seguir o sistema de pontuação da F1 até o 12º lugar

  • 1º lugar - 25 pontos (atualmente) e 25 pontos (mudança)
  • 2º lugar - 18 pontos (atualmente) e 18 pontos (mudança)
  • 3º lugar - 15 pontos (atualmente) e 15 pontos (mudança)
  • 4º lugar - 12 pontos (atualmente) e 12 pontos (mudança)
  • 5º lugar - 10 pontos (atualmente) e 10 pontos (mudança)
  • 6º lugar - 8 pontos (atualmente) e 8 pontos (mudança)
  • 7º lugar - 6 pontos (atualmente) e 6 pontos (mudança)
  • 8º lugar - 4 pontos (atualmente) e 5 pontos (mudança)
  • 9º lugar - 2 pontos (atualmente) e 4 pontos (mudança)
  • 10º lugar - 1 ponto (atualmente) e 3 pontos (mudança)
  • 11º lugar - 0 pontos (atualmente) e 2 pontos (mudança)
  • 12º lugar - 0 pontos (atualmente) e 1 ponto (mudança)

Veja quem são os pilotos na F1 este ano

  • RBR: Max Verstappen e Sergio Pérez
  • Ferrari: Charles Leclerc e Carlos Sainz
  • Mercedes: Lewis Hamilton e George Russell
  • Alpine: Esteban Ocon e Pierre Gasly
  • McLaren: Lando Norris e Oscar Piastri
  • Sauber (ex-Alfa Romeo): Valtteri Bottas e Guanyu Zho
  • Aston Martin: Fernando Alonso e Lance Stroll
  • Haas: Kevin Magnussen e Nico Hulkenberg
  • RB (ex-AlphaTauri): Yuki Tsunoda e Daniel Ricciardo
  • Williams: Alex Albon e Logan Sargeant

Quais e quando serão as próximas corridas da Fórmula 1

  • GP de Miami - Autódromo Internacional de Miami - 03/05 a 05/05 - 17h
  • GP da Emilia-Romagna - Autódromo Enzo e Dino Ferrari - 17/05 a 19/05 -10h
  • GP de Mônaco - Circuito de Monte Carlo - 24/05 a 26/05 - 10h
  • GP do Canadá - Circuito Gilles Villeneuve - 07/06 a 09/06 - 15h
  • GP da Espanha - Circuito de Barcelona-Catalunha - 21/06 a 23/06 - 10h
  • GP da Áustria - Circuito RB Ring - 28/06 a 30/06 - 10h
  • GP da Inglaterra - Circuito de Silverstone - 05/07 a 07/07 - 11h
  • GP da Hungria - Circuito Hungaroring - 19/07 a 21/07 - 10h
  • GP da Bélgica - Circuito de Spa-Francorchamps - 26/07 a 28/07 - 10h
  • GP da Holanda - Circuito de Zandvoort - 23/08 a 25/08 - 10h
  • GP da Itália - Autódromo Nacional de Monza - 30/08 a 01/09 - 10h
  • GP do Azerbaijão - Circuito de Baku - 13/09 a 15/09 - 8h
  • GP de Singapura - Circuito de Marina Bay - 20/09 a 22/09 - 9h
  • GP dos Estados Unidos - Circuito das Américas - 18/10 a 20/10 - 16h
  • GP do México - Autódromo Hermanos Rodríguez - 27/10 a 27/10 - 17h
  • GP de São Paulo - Autódromo José Carlos Pace (Interlagos) - 01/11 a 03/11 - 14h
  • GP de Las Vegas - Circuito de Las Vegas - 21/11 a 23/11 - 3h
  • GP do Catar - Circuito Internacional de Lusail - 29/11 a 01/12 - 14h
  • GP de Abu Dhabi - Circuito de Yas Marina - 06/12 a 08/12 - 10h
Acompanhe tudo sobre:Fórmula 1Pilotos de corridaCorrida

Mais de Esporte

Estádio do Corinthians completa uma década de vida neste sábado; veja números, fatos e curiosidades

GP da Emilia-Romagna de F1 2024: horários e onde assistir aos treinos e classificação

UFC Las Vegas 92: onde assistir ao vivo as lutas com Edson Barboza e mais sete brasileiros

Jogos de hoje, sábado, 18; onde assistir ao vivo e horários

Mais na Exame