ESG

Marina Silva está na lista das personalidades mais influentes da Time

Trabalho para redução do desmatamento e na transição energética são alguns dos destaques da atuação da ministra do MMA no texto da publicação americana

Planeta: papel de Marina e do Brasil à frente do G20 são lembrados no texto da revista (Felipe Werneck/MMA/Divulgação)

Planeta: papel de Marina e do Brasil à frente do G20 são lembrados no texto da revista (Felipe Werneck/MMA/Divulgação)

Paula Pacheco
Paula Pacheco

Jornalista

Publicado em 17 de abril de 2024 às 14h35.

Última atualização em 17 de abril de 2024 às 14h48.

A ministra Marina Silva, do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA), está entre os nomes escolhidos para a lista das 100 personalidades mais influentes de 2024, da revista Time, segundo publicação feita nesta quarta-feira, 17.

A publicação americana destaca a "reconstrução da capacidade do Brasil de combater o desmatamento na Amazônia". Os nomes são escolhidos por um grupo de editores e representantes da revista. A divulgação é anual. A ministra do MMA é a única brasileira na lista de 100 nomes na edição de 2024. Marina faz parte da categoria “lideranças” da lista.

Desmatamento e transição energética

“Como ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, [Marina] está reconstruindo a capacidade do Brasil de combater o desmatamento ilegal na Amazônia”, diz o texto escrito por Christiana Figueres, ex-secretária-executiva da da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCC, na sigla em inglês). 

O texto sobre a ministra destaca ainda o seu compromisso com a transição energética do país e a produção descentralizada de energias renováveis. O texto salienta ainda que as agendas ambientais e climáticas são centrais na presidência brasileira do G20, fórum que reúne as principais economias do planeta. 

“Internacionalmente, Marina defende que reconsideremos nossas perspectivas limitadas sobre o que a proteção da natureza pode nos custar. Em vez disso, defende que abracemos uma compreensão mais abrangente do extraordinário impacto econômico e valores que a natureza oferece”, escreveu a ex-secretária-executiva do UNFCCC. 

Outras 11 pessoas foram selecionadas por seu compromisso com o clima e a sustentabilidade. Entre elas estão a pesquisadora Suzanne Simard, professora de ecologia florestal na Universidade da Columbia Britânica, e Jigar Shah, diretor do Departamento de Energia do governo dos EUA, responsável pela coordenação do programa de empréstimos para iniciativas de inovação energética. 

Em novembro passado, Marina havia sido homenageada pela lista Time100 Climate, que selecionou as 100 lideranças climáticas mais influentes do planeta no ano passado. A ministra também foi escolhida pela revista Nature como uma das 10 personalidades da ciência em 2023

Em 2023, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi escolhido uma das 100 pessoas mais influentes do mundo pela Time, também pelo compromisso com o meio ambiente e o combate à mudança do clima.

Acompanhe tudo sobre:Marina SilvaMMAMinistério do Meio AmbienteDesmatamentoEnergia renovável

Mais de ESG

Vibra capacita motoristas e frentistas em ação contra a exploração sexual de crianças e adolescentes

Por que no dia 17 de maio é celebrado o dia mundial da reciclagem?

Dia mundial da reciclagem: Onde descartar lixo reciclável em SP?

Grupo Boticário divulga resultados ESG e atualiza compromissos

Mais na Exame