Diageo oferece assistência financeira para funcionários que adotam

A Diageo, proprietária das marcas Johnnie Walker, Tanqueray, Smirnoff entre outras, lança programa de reembolso para cobrir as taxas e pagamentos relacionados ao processo de adoção
 (anyaberkut/Thinkstock)
(anyaberkut/Thinkstock)
Por Marina FilippePublicado em 14/05/2022 10:26 | Última atualização em 14/05/2022 10:26Tempo de Leitura: 2 min de leitura

No mês em que é celebrado o Dia Nacional da adoção (25 de maio), a Diageo, proprietária das marcas Johnnie Walker, Tanqueray, Smirnoff, Ypióca, entre outras, anuncia uma política de assistência financeira para seus funcionários que têm interesse em se tornar mães e pais adotivos.

O programa consiste no reembolso no valor de até R$ 13.500,00 para cobrir as taxas e pagamentos suplementares relacionados ao processo de adoção. A solicitação pode ser feita até 3 meses após a emissão do certificado de adoção.

Receba gratuitamente a newsletter da EXAME sobre ESG. Inscreva-se aqui

 “A política de assistência financeira para adoção vem para intensificar o estímulo da Diageo aos funcionários e funcionárias que queiram adotar. Com a política também reforçamos que existe uma vida maravilhosa, cheia de surpresas e afeto com a família fora do trabalho. A adoção é sempre um tema complexo, com burocracias e cercado de medos e receios, quando lançamos a política tiramos algumas barreiras da frente de pais e mães, facilitando o acesso deles a este momento tão potente e que gera muito propósito”, diz Maria Gabriela Herrera, diretora de Recursos Humanos da região PUB (Paraguai, Uruguai e Brasil).

Há três anos a Diageo também desenvolveu uma política de licença familiar, que estendeu a todas as equipes da companhia uma licença paternidade e maternidade de 26 semanas, ou seis meses de duração, com a manutenção de salários e benefícios. A política abrange todos os tipos de casais e é válida também para pais que adotam.

“Na Diageo procuramos ir além de nossas obrigações legais mínimas como empregadores. Acreditamos que todos os pais e mães devem ter a oportunidade de passar tempo com o novo filho. O nascimento ou a adoção são momentos-chave na vida de qualquer ser humano e, portanto, temos a certeza de que nesses momentos importantes devemos oferecer às pessoas opções e flexibilidade para que possam fazer o melhor para suas famílias”, afirma Maria Gabriela.

Veja também