Toys "R" Us anuncia oficialmente que irá fechar nos EUA

Movimento provavelmente levará ao fechamento das 735 lojas nos EUA e em Porto Rico

Nova York - A Toys 'R' Us anunciou nesta quinta-feira oficialmente a intenção de encerrar suas atividades nos Estados Unidos e Porto Rico, um movimento que provavelmente levará ao fechamento das 735 lojas nesses países e que deixa no ar o futuro de centenas de estabelecimentos em outros países.

A companhia, que em setembro do ano passado tinha iniciado um processo de quebra, apresentou nesta quinta-feira o plano a um tribunal de falências americano.

A decisão, segundo esses documentos, chega depois de seus principais credores terem determinado que a melhor forma de recuperar o que é devido é liquidar o estoque das 735 lojas nos EUA e iniciar um fechamento ordenado das operações no país.

Em comunicado, a Toys 'R' Us disse que dará mais detalhes dos seus planos de liquidação em breve. Além disso, a empresa confirmou que está fazendo um processo de "reorganização e venda" das suas operações no Canadá, Ásia e Europa Central, incluindo Alemanha, Áustria e Suíça.

Enquanto isso, os negócios em Espanha, Portugal, França, Polônia e Austrália "estão considerando alternativas após este anúncio, incluindo possíveis processos de venda em seus respectivos mercados", afirmou a companhia.

Ontem, a empresa tinha anunciado que fechará todas as suas lojas de brinquedos no Reino Unido durante as próximas seis semanas, uma decisão que deixará mais de 3 mil pessoas sem trabalho.

A Toys 'R' Us disse hoje que, como parte das suas negociações para vender seu negócio no Canadá, está discutindo a possibilidade de transferir 200 estabelecimentos nos EUA junto às lojas do país vizinho.

Enquanto as conversas continuam, no entanto, a empresa solicitou permissão ao tribunal de falências para liquidar o estoque de todas as suas lojas de brinquedos americanas, com a possibilidade de reverter o caso daquelas incluídas na operação canadense.

Em comunicado, o diretor- executivo da Toys 'R' Us, David Brandon, se declarou hoje "muito decepcionado" com a situação, mas deixou claro que a companhia já não dispõe de "apoio financeiro" para continuar suas atividades nos EUA.

"Por isso estamos implementando um processo ordenado para encerrar nossas operações nos EUA e buscaremos vendas ou reorganizações de alguns de nossos negócios internacionais, enquanto outros negócios internacionais consideram suas opções", acrescentou Brandon.

No mundo todo, a Toys 'R' Us conta cerca de 1.600 lojas e com aproximadamente 60 mil funcionários, número que ultrapassa os 100 mil durante o período natalino.

Segundo os analistas, o anúncio da rede terá um grande impacto não só para os empregados, mas também para os fabricantes de brinquedos, que podem ficar sem um dos seus maiores distribuidores.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.