S&P adverte que Reino Unido perderá qualificação de crédito

De acordo com S&P, o país não manterá a máxima nota de solvência e o responsável global de risco da agência afirmou que o rating AAA "é insustentável"

Londres - A agência de qualificação Standard & Poor's advertiu nesta sexta-feira que o Reino Unido perderá sua qualificação de crédito de triplo A depois do resultado do referendo a favor da saída da União Europeia (UE).

De acordo com S&P, o país não manterá a máxima nota de solvência e responsável global de risco da agência, Moritz Kraemer, afirmou que o rating AAA "é insustentável dadas as circunstâncias".

Ele fez a declaração ao jornal britânico "Financial Times".

Outras agências de qualificação como Fitch e Moody's já tinham tirado a triplo A do Reino Unido para a dívida soberana antes de começar a campanha pelo plebiscito, embora a Standard & Poor's tivesse apostado em uma vitória da permanência no bloco comunitário.

A Moody's indicou no mês de abril que o "brexit" minaria a confiança, o investimento e a atividade econômica no país, além disso que teria um impacto negativo nas financias públicas.

A agência considera que a saída da UE "dará lugar a um período prolongado de incerteza que terá efeito sobre o desempenho econômico e financeiro do país".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.